Love Gifts cresce 60% em vendas com atendimento humanizado

Rede de franquias cria modelo home based e investe em treinamentos e redes sociais para fidelizar clientes

0
46

Focada na venda de presentes criativos, a Love Gifts descobriu uma grande vantagem no modelo de franquia home based. Com o fechamento do comércio, os franqueados passaram a levar os produtos para casa e começaram a comercializar através das mídias sociais, o que propiciou à rede um crescimento de 60% no faturamento. De acordo com Fábio Farias, CEO da marca, com a pandemia, as empresas de varejo vêm buscando novas estratégias de atendimento e vendas para manter o relacionamento com o consumidor de maneira eficaz como nas lojas físicas. “Redes sociais, treinamentos, cadastros atualizados e ferramentas são a chave para o sucesso das empresas”, afirmou.

O desafio, segundo o executivo, é manter a qualidade de vendas no âmbito virtual. E, para ele, a resposta está na preparação adequada dos colaboradores. “Nosso treinamento sempre foi focado em alta performance, pensando no consumidor final. O objetivo sempre foi levar alegria com nossos produtos, por isso treinamos os vendedores a criar uma experiência única para os clientes.. Além do atendimento humanizado, nossa rede também possui um ‘cheirinho especial’ e a rádio Love Gifts que ajuda a criar essa atmosfera única com os consumidores”, assegura.

Fábio também pontua a importância do “status do cliente”, ou seja, um cadastro bem atualizado para auxiliar a manter um relacionamento saudável entre marca e consumidor. “Costumo dizer que o status do cliente é o oxigênio da venda, é sempre muito importante mantê-lo atualizado para fidelizar”. Com as vendas on-line, a timeline do Instagram se tornou a vitrine da rede. Por isso, a franqueadora passou a investir cada vez mais em fotos e vídeos especializados para manter as redes de seus franqueados atualizada.

Atualmente, a rede da Love Gifts registra 45 unidades, sendo 29 lojas físicas e 16 home based espalhadas pelo Brasil. São mais de 2 mil itens à venda, que vão de copos e canecas até bolsas, jogos para casais, almofadas, entre outros. O ticket médio de consumo é de R$100 e a fabricação de um terço desses produtos é feita pela própria rede. Para as vendas on-line, além das embalagens personalizadas, a franqueadora também investiu no “cheirinho oficial” da marca, para que todos tenham a mesma sensação de uma experiência em loja física.