Pesquisa aponta alta nos investimentos em tecnologia

0
1

Em 2002, sua empresa pretende investir em tecnologia? Esta foi a pergunta que a Boucinhas & Campos Consultores fez aos empresários brasileiros como parte da Pesquisa de Clima Empresarial. Os resultados apontaram que a maioria dos empresários, 28%, deverá investir na aquisição de infra-estrutura e equipamentos. Já 19% deles estarão investindo em itens usuais como pagamento de licença de uso e manutenção mensal de aplicativos. Outros 14% pretendem desenvolver um novo site para a empresa.

O investimento em novas aplicações como CRM (8%), ERP (7%), business inteligence (6%), e-procurement (5%) e e-learning (4%), não deve ser prioridade para as empresas em 2002. Entretanto, apenas 4% dos empresários não pretendem investir em tecnologia neste ano. De acordo com o gerente de internet & business da Boucinhas & Campos Consultores, Raul Hara, o resultado mostra que as empresas estarão investindo em tecnologia em 2002 e a lógica é correta, já que a maioria dos empresários pretende investir primeiro em infra-estrutura e depois em integração. “Provavelmente, as empresas reunirão as condições necessárias para a absorção das aplicações B2B (business to business) e B2C (business to customer), uma vez que a infra-estrutura já estará sedimentada”, afirma.

Foram ouvidos 231 empresários de todo o país, sendo 72% da indústria, 13% do comércio e 15% do setor de serviços. Em relação ao faturamento anual, 23% faturam até US$ 10 milhões; 41% entre US$ 10 milhões e US$ 50 milhões; 20% entre US$ 50 milhões e US$ 200 milhões e 16% apresentam faturamento anual superior a US$ 200 milhões. Quanto ao número de funcionários, 22% possuem até 100 empregados; 38% entre 101 e 500; 16% entre 501 a 1000; 14% entre 1001 a 2000 e 10% possuem mais de 2001 trabalhadores.