Evolução na prática

0
12
Com o salão completamente lotado, a festa de entrega dos troféus do Prêmio ClienteSA 2019 deu prova da sua evolução, se consolidando como o principal e mais transparente reconhecimento na área de gestão de clientes. Diante de mais de 700 executivos presentes, o jantar de premiação coroou 63 cases de 47 empresas, sendo que 18 delas levaram o troféu Ouro e se habilitaram a participar do Prêmio Latam 2020. A edição desse ano registrou ainda recorde de inscrições e de empresas premiadas. “Mais uma vez reunimos o que de melhor há no mercado, reconhecendo aquelas que têm feito a diferença. Meus parabéns à todos os vencedores”, destaca Vilnor Grube, CEO e fundador dos portais jornalísticos Callcenter.inf.br,  ClienteSA e Portal Crédito e Cobrança.
As grandes vencedoras dessa edição foram a MRV, com os troféus de Case do Ano e Empresa do Ano, e a Flex, eleita Empresa de Outsourcing do Ano. Além delas, receberam ouro e garantiram a oportunidade de participar da premiação internacional Comgás, Grupo Neoenergia, CPQD/PG Mais, Banco do Brasil, Voxline, Callink, Solve4ME, Multilaser, Tegra, Riachuelo, Ticket/DNK, Concentrix, AeC, Olos, BMG e Cyrella. Também foram premiadas com troféu de prata e bronze: 99, A5, AktieNow, Alelo, Algar Tech, Alldesk, Almawave, Atento, Embratel/Betta/Avaya, BrasilCenter,  DHL Express, GVP/Jequiti, Ikê Assistência, Indra, Indigosoft, Intervalor, Kainos, Liq, NeoAssist/Arezzo&Co, NeoBPO, Netshoes, Nextel, Orbitall, Positivo, Sabesp, Sodexo, Sykes, Teleperformance e Unimed.
Criado para contribuir com a evolução da atividade de relacionamento com o cliente, o Prêmio ClienteSA evidencia as melhores práticas do mercado, ao identificar as organizações líderes na qualidade do serviço oferecido ao cliente. Em sua 6ª edição, o Prêmio ClienteSA tem apresentado um crescimento vertiginoso, praticamente multiplicando os números de inscrições ano a ano. “Nossa história de quase 20 anos mostra isso. Sempre investimos na transparência e independência. E contribuímos muito com a evolução desse mercado”, justifica. “Esse é o nosso objetivo, sempre, de estimular as melhores práticas e incentivar a inovação. É sempre um bom desafio.” A avaliação dos cases, como de costume, foi feita por um júri formado por profissionais de reconhecida competência no mercado.