Leadership aposta no intangível, ao cliente

0
3

Seguindo uma tradição há 14 anos em atuar como distribuidora nacional de acessórios para informática, a Leadership implantou o ERP Datka. O objetivo estratégico da empresa é melhorar a vida de seus clientes e, conseqüentemente, ganhar mais produtividade. A estratégia foi desenvolvida em parceria com a PC Solution, especializada na criação de softwares e soluções integradas. “O Datka é um sistema novo, moderno e surgiu na era da web, cujo a finalidade é facilitar a atualização e a manipulação pelos seus usuários”, justifica Romário Santos, diretor da PC Solution, responsável por manter uma base segura de dados, garantindo assim uma operação tranqüila em longo prazo.
O novo sistema oferece melhor relação custo/benefício, além de ser um sistema único de integração. Os resultados são revertidos em números crescentes de vendas. “A implantação do Datka aumentou drasticamente a nossa eficiência em todos os sentidos. A facilidade e rapidez das informações, as infinitas possibilidades de cruzamento de dados nos ajudam de forma incomensurável a melhorar os serviços e, conseqüentemente, aumentar as vendas”, acredita Rafael Montello, gerente de marketing e produtos. Ele está certo de que os grandes beneficiados “serão as mais de 12 mil revendas em todo o território nacional”. O executivo ainda acrescenta que a Leadership domina 70% de market share no segmento.
“A grande vantagem que um sistema de gestão como o Datka, trouxe para nossos clientes, foi a rapidez na entrega. Quando os setores financeiro, logístico e comercial não estavam integrados, um pedido poderia demorar até cinco dias para ser entregue. Atualmente, com a implantação, estamos entregando em 24 horas úteis, o que garante maior reposição na ponta e vendas mais dinâmicas”, aposta Augusto Kaulino, gerente de vendas da Leadership. Mas como toda novidade traz insegurança, na Leadership não foi diferente. Montello conta que não foi fácil para os 90 funcionários da empresa aceitarem a mudança. “Inicialmente a receptividade não foi das melhores. É muito difícil mudar uma cultura de anos de um dia para o outro. Sabíamos que teríamos este tipo de problema e nos preparamos para enfrentá-lo da melhor forma possível”, comenta.
Mas com o tempo a resistência esfriou e “passados três meses, o sistema já é uma realidade e seu sucesso favoreceu todos os departamentos”, pontifica. Resolvido este detalhe, a empresa foi em busca daqueles que motivaram o projeto, os clientes. Montello diz que houve um período de aproximadamente três meses de adaptação, até que fosse possível a eles perceberem as vantagens oferecidas pelo novo sistema. “Quando estes descobriram que tinham uma poderosa ferramenta nas mãos, como por exemplo, os relatórios rápidos e precisos que contribuem para a melhoria de nosso atendimento, e que tornou o processo mais ágil e eficaz, começaram a migrar e hoje 99% já utilizam o Datka”.
Kaulino recorda sem saudades de como, anteriormente, era feito um pedido. “Era enviado via e-mail ou fax, digitado no sistema, impresso, levado aos setores responsáveis pela liberação e colocado em malote junto com a nota fiscal para o nosso centro de distribuição”, lembra. Tal procedimento levava no mínimo quatro dias até a efetiva coleta da mercadoria. “Hoje não existe papel, o pedido é batido diretamente pelo representante via web, liberado pelos setores responsáveis em consultas em tela e automaticamente faturado diretamente no nosso centro de distribuição. Esse processo não leva mais de quatro horas e podemos entregar em até 24 horas úteis”, orgulha-se Kaulino. O gerente não gosta do termo implantação. Para ele, o que existe é migração, desde que a empresa já tenha seu próprio sistema e regras.
Kaulino diz que no período de dois meses, em que a migração foi colocada em prática, foi “fundamental a presença da equipe da PC Solution 12 horas por dia na empresa – gesto que comprova as expectativas de que não existe terceirização, mas sim parceria”. Para ele, quando o vendedor tem condições de trabalhar com um sistema de gestão que integra todos os setores da empresa, a informação é mais rápida e automaticamente isso reflete-se nas vendas. “Nesse momento, podemos afirmar que nosso faturamento já projeta um aumento na ordem de 30%”. Para comprovar a eficácia e os benefícios do sistema de gestão integrada, Kaulino sugere uma análise dos pedidos efetuados e faturados na mesma data, de acordo com as condições do cliente. “Existe maior possibilidade de flexibilizar prazos, bem como acompanhar de maneira mais próxima a trajetória da mercadoria”, explica.