A evolução da CBCC, que nasceu Teletrim

0
2



A Teletrim Telecomunicações S/A, nascida em 1995 como empresa de serviços de paging, diversificou seu core-business no ano de 2000, quando entrou para o mercado de call center como Telecentral Teletrim. Naquele momento, a empresa aproveitou a infra-estrutura e experiência adquiridas com as operações de paging para oferecer o serviço de atendimento ao cliente ao mercado.


No dia 14 de março de 2002, a Teletrim Participações S/A, cujos acionistas são o Credit Suisse First Boston e a Victori Telecomunicações S/A., passou a ser a holding de duas novas empresas, a Teletrim Wireless S/A, operando no mercado de paging, bloqueadores automotivos e serviços de telemetria; e a CBCC – Companhia Brasileira de Contact Center, atuando com serviços de call center, web call center, fulfillment, database e datamining. O objetivo desta divisão foi manter cada empresa focada nas necessidades específicas de seus clientes e desvincular a marca Teletrim, forte no mercado de paging, das atividades de call center.


Para esta nova estrutura, a CBCC recebeu investimento de R$ 13,5 milhões, sendo R$ 2 milhões aplicados em treinamento. Hoje, a empresa ocupa a quarta posição no ranking das agências, com 3.500 PAs, cerca de 5 mil funcionários operando em cinco unidades Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro, São Bernardo do Campo e São Paulo, comfaturamento de R$ 105 milhões, registrado em 2002. Dentre sua carteira de clientes estão empresas como Brasil Telecom, Banco Bradesco e Alcatel.