Mídias sociais: previsões para 2012 – 2ª. parte

Vamos continuar com as previsões dos especialistas em mídias sociais
sobre como essa disciplina evoluirá neste ano que começa. Atuação em tempo
real, importância da estratégia e ajuda com o excesso de conteúdo são os pontos
abordados abaixo. Confiram.

#3: As marcas abraçarão o “tempo
real”

“As
marcas devem passar a utilizar o ´marketing ágil´ e o pensamento em tempo real.
Já se foram os dias em que se levava 6 meses para desenvolver e lançar uma
campanha ou 5 dias para responder a um consumidor insatisfeito. Elas precisarão
dominar a arte do marketing de oportunidade e a arte da resposta em tempo real.
Para se destacar no ruído online, vão precisar se destacar com formas criativas
de capitalizar o buzz e as tendências que surgirem. Para isso, as marcas
precisarão da infraestrutura correta e processos ágeis que permitam agarrar de
forma intuitiva e imediata as oportunidades de marketing. Precisarão também de
agências que possam se adaptar, reagir e apoiá-las em tempo real.”

Ekaterina Walter, estrategista
de mídias sociais da Intel.

#4: A estratégia vai ganhar importância
para as mídias sociais

“Eu
acredito firmemente que 2012 é o ano em que a maioria dos negócios virarão a
esquina para abraçar e entender o marketing via mídias sociais, usando-as mais
estrategicamente.
Chega de nonsense; queremos começar a usar as
mídias sociais como um motor estratégico para os negócios. Agora é a hora.
As empresas começarão a mostrar
seus dentes em 2012.”

Jason Falls, principal, Social Media Explorer e autor de No Bullshit Social Media.

#5: Novos aplicativos ajudarão
com o excesso de conteúdo

“Eu
acredito que 2012 será o ano em que veremos muito mais aplicativos e empresas
aparecendo para nos ajudar a nos libertar do excess de conteúdo. Espero que
isso signifique fazer com que ler e compartilhar conteúdo faça mais sentido e
seja menos sufocante. Eu penso que isso acontecerá através da filtragem e da
otimização do conteúdo que vemos e que compartilhamos. Particularmente se a ´lei
de Zuckerberg´ mantenha-se correta; aí sera uma oportunidade fantástica. Estou
certo que haverá nessa direção algumas novas e fabulosas invenções chegando ao
mundo das mídias sociais  em 2012.”

Leo Widrich, co-fundador de BufferApp.com.