Nome do remetente: uma ferramenta poderosa em email marketing



Estava visitando o MediaPost esses dias e esbarrei com um artigo muito interessante, assinada por Chad White. Segundo ele, o Email Experience Council fez um survey recentemente, perguntando o que era mais importantes para gerar abertura de emails, o nome do rementente ou o assunto. 55% responderam que era o nome do remetente, ou seja, a reputação de quem envia é fundamental.


 


Esses dados refletiriam outros estudos que mostram que a maioria dos usuários olham para nome e endereço do remetente quando estão decidindo se abrem ou não o email. Se o reconhecem e confiam nele, provavelmente abrirão. Se não, provavelmente deletarão na hora – ou pior, marcarão como spam.


O autor do artigo examinou os nomes e endereços de remetentes usados por 111 varejistas onlines em seus emails promocionais e descobriu algumas coisas interessantes.


Nome do remetente. Os varejistas costumam usar uma das seguintes táticas:


1. Eles usam simplesmente o nome da marca. Essa tática é usada por 59% dos maiores varejistas online, incluindo Bloomingdale´s, The Home Depot, Omaha Steaks, Sears, Victoria´s Secret and Walgreens. É sucinto, limpo, fácil de reconhecer. A rede Crutchfied usa uma variação desste tema: “The Crutchfield Team”. Além disso, a rede usar retratos do seu pessoal, o que dá uma boa conexão entre imagem da marca e nome de remetente.


2. Eles usam sua marca-ponto-com. Tática usada por 26% da amostra (o autor inclui aqui os varejistas que têm ponto-com na marca, como “Buy.com” e “Furniture.com”. Macy’s, por exemplo, usa “macys.com” como nome de remetente. A tática alcança dois objetivos: age como “call-to-action”, lembrando os destinatários a visitarem o site, e familiariza esses destinatários com a URL. Uma variação: “The All-New CompUSA.com.” A CompUSA.com foi adquirida por Systemax em Janeiro, assim a mensagem “All-New” é uma espécie de “sob nova direção”.


3. Eles usam sua marca mais o nome da newsletter. 11% usam esta tática. Wal-Mart, por exemplo, usa como remetente “Wal-Mart Wire” e Norm Thompson usa “Norm Thompson E-News”. É importante inclusive para diferenciar emails promocionais de outros emails transacionais. Nessa mesma direção, alguns varejistas usam o nome da newsletter no assunto.



4. Eles usam sua marca mais o nome da divisão.  Por exemplo, “HP Home & Home Office Store.” 4% dos varejistas usam essa tática. Como em muitos casos, as divisões são de fato marcas diferentes – Williams-Sonoma e Williams-Sonoma Home – usar a marca da divisão faz sentido totalmente.


É importante observar que nenhum varejistas usa o nome de uma pessoa como remetente. Isso não é recomendável por duas razões:


a. Spammers usam frequentemente a tática de colocar nomes de pessoas como remententes,


b. A empresa estaria construindo seu “brand equity” sobre alguém que pode deixar a organização e lever o reconhecimento daquele nome com ele.