Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

Pesquisa: 57% dos executivos brasileiros aspiram cargo de CEO

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Convergência Digital:

 

 A última edição do Executive Quiz, realizada pelo Korn/Ferry Institute com executivos de mais de 70 países, incluindo o Brasil, indica preocupação dos executivos com seu próprio desenvolvimento profissional. Os resultados, levantados nos meses de maio e junho, apontam que 56% dos executivos têm aspirações de se tornarem CEOs – o índice praticamente se repete entre os executivos brasileiros (57%). Dos profissionais entrevistados apenas 14% afirmaram não ter essa intenção, enquanto que 10% atualmente ocupam ou já ocuparam a posição.

Outro dado relevante apontado pela análise é a insatisfação dos executivos em suas posições atuais. De acordo com o estudo, 47% dos entrevistados se dizem pouco ou muito insatisfeitos com sua atual posição. Entre os motivos estão a falta de motivação para exercer a função, a falta de confiança no superior e o desejo de ascender a cargos mais altos, conforme mencionado anteriormente. No Brasil, os resultados também acompanham o restante do mundo, com 42% dos entrevistados pouco satisfeitos.


Já em relação à motivação oferecida pelas companhias as opiniões dos executivos entrevistados se dividem: 35% se consideram pouco motivados, enquanto 43% se dizem bem motivados. Entretanto, 12% ainda se consideram muito pouco motivados.


“Manter os níveis de comprometimento dos colaboradores em alta é um dos desafios mais significativos para as organizações atualmente. Diante de um cenário de recessão global, a ´máxima´ é fazer mais por menos, com elevadíssimos níveis de estresse”, afirma Sérgio Averbach, presidente da Korn/Ferry International na América do Sul. “Por isso, é fundamental entender o que realmente impulsiona e motiva seus executivos, saber identificar os potenciais e promover atividades motivacionais, que façam diferença no desempenho e no desenvolvimento da carreira deles”, explica.


Confiança nos líderes
Os resultados da pesquisa também sugerem que a baixa motivação entre os entrevistados pode estar ligada à falta de confiança que sentem nos líderes de suas empresas. Um número significativo (31%) declarou não confiar em seu chefe direto. Porém, esse posicionamento também se mostra ambivalente: apesar de não confiarem na maneira como os superiores conduzem os negócios, 54% dos entrevistados classificaram a atuação de seus superiores entre excelente ou acima da média. Apenas 22% a avaliaram como média.


Quando o assunto é a confiança depositada nos CEOs, 36% dos entrevistados revelam que absolutamente não confiam. A pesquisa questionou também se o atual CEO é o melhor profissional para o trabalho e apenas 29% disseram ter certeza, enquanto outros 21% responderam que não. Em contrapartida, no Brasil 67% dos entrevistados apontam confiança em seu líder.


Metodologia
Realizado periodicamente pelo Korn/Ferry Institute, o Executive Quiz é baseado em uma pesquisa mundial dos executivos registrados no Executive Center online da empresa (www.ekornferry.com). A edição atual foi realizada nos meses de maio e junho de 2009, com  1.611 profissionais de mais de 70 países, representantes de amplo espectro de indústrias e setores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima