Certificação junto a Anatel

0
4

A Agência Nacional de Telecomunicações exige que as empresas fabricantes submetam os equipamentos a uma avaliação técnica em laboratório credenciado e em seguida são certificados, juntando-se ao processo todas as informações necessárias, como ISO9002 das unidades de fabricação. A Hypertrade Telecom e a Mitsubishi Electric foram as primeiras empresas preocupadas com a certificação e regularização da utilização da tecnologia PLC no Brasil.

A tecnologia Powerline Communications, que permite trafegar serviços de comunicação (dados, voz, imagem e internet) por meio da rede elétrica, está prestes a ter equipamentos certificados no país. Após várias reuniões junto a ANATEL para regulamentação dos equipamentos PLC, a Hypertrade Telecom encontra-se em processo de certificação de seus produtos, desenvolvidos em parceria com a Mitsubishi Electric. Ao final deste processo, que deve ser finalizado em pouco tempo, a Hypertrade Telecom será uma das primeiras empresas autorizadas a comercializar a tecnologia PLC no Brasil.

A tecnologia Powerline Communications utiliza a capilaridade e a abrangência da rede elétrica instalada, que é maior que a de outras redes convencionais de telecomunicações, adicionando outras vantagens como: velocidade de transmissão de banda larga, redução de custos de acesso e favorecimento da inclusão digital e social. A ANATEL considera a tecnologia PLC como uma das soluções para universalização dos serviços de telecomunicações.

Com a certificação do PLC, o desafio passa agora principalmente às mãos das Distribuidoras de Energia, que deverão sair de uma posição conceitual, para uma postura real de implementação de seus planos de negócios e auxílio à política nacional de inclusão digital. Cabe às Distribuidoras iniciar o processo de desenvolvimento do modelo de negócios e implantação em larga escala, quer seja na parte de infraestrutura PLC ou na oferta de serviços adicionais e diferenciados, agregando valor ao ponto de acesso do usuário. Vale ressaltar a eficiência e esforços da ANATEL para que os serviços de comunicação baseados na rede elétrica saiam do papel e possam ser utilizados como mais uma opção totalmente regulamentada.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorA festa foi boa, hein…
Próximo artigoSoluções para contact center