Contractors anuncia site em Mogi das Cruzes

0
1


Em cerimônia realizada na tarde de hoje, na prefeitura de Mogi das Cruzes (60 km da capital paulista), a Contractors anunciou a abertura de um site na cidade. A nova unidade, que contará com de investimentos de R$ 4 milhões, terá capacidade para 2000 posições de atendimento (PA´s) e contará com 5000 mil funcionários. A notícia foi dada pelos executivos da empresa e autoridades da cidade, entre elas, o prefeito de Mogi das Cruzes, Junji Abe.

A inauguração do site, que utilizará tecnologia da Avaya, está prevista para ser em junho, quando entra em operação com 25% da capacidade já ocupada. O local onde será construída a nova unidade deve ser escolhido até a próxima segunda-feira, de acordo com Valdik Guerra, diretor presidente da empresa.

A abertura de um site está dentro da estratégia de crescimento da empresa que está completando oito anos de atividade. Para Valdik, este projeto em Mogi das Cruzes vem para atender a forte demanda dos clientes. “Desde que começamos em 1998, felizmente, estamos obtendo crescimento contínuo. E, a abertura da nova unidade é conseqüência desse processo”, comemorou o executivo. Com o novo site, a empresa, que terminou 2005 com R$ 25 milhões de faturamento, pretende fechar esse ano com 2500 PA´s em operação.

Nova casa – A escolha de Mogi das Cruzes, de acordo com Valdik, se deve as qualidades que a cidade possui, como mão-de-obra qualificada, infra-estrutura e incentivos fiscais. “Após um estudo longo e minucioso chegamos à conclusão de que Mogi era a cidade certa para a abertura do novo site. Aqui encontramos um grande número de pessoas qualificadas para trabalhar conosco, principalmente com nível superior, e uma ótima estrutura de transporte e telecomunicação para suportar a instalação da empresa”, explicou.

Quem também comemorou o anúncio foi o prefeito da cidade. Essa é a segunda empresa de callcenter que chega em Mogi esse ano. Segundo Junji, isso mostra o quanto a cidade tem se preocupado em oferecer subsídios para a vinda de empresas do setor. “Sabemos da nossa capacidade de entregar pessoas capacitadas. Além disso, temos consciência que só assim vamos gerar empregos. Por isso, continuaremos a investir em ações que permitam a chegada de novas empresas”, completou.

Entre as medidas já tomadas pela prefeitura de Mogi, estão a aprovação na Câmara Municipal de uma lei de incentivo fiscal e a abertura de cursos voltados para a formação de operadores de callcenter oferecido pelo CIP (Centro de Iniciação Profissional) da Secretaria de Educação. De acordo com Rubens Solovjevas, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, já há outras empresas interessadas em Mogi, inclusive do setor de callcenter.