Contractors cresce 140% em 2006

0
14


A Contractors Contact Center ) deve terminar o ano com um faturamento de R$ 60 milhões, 140% a mais do que o registrado em 2005. Dois fatores foram determinantes para o crescimento recorde. A ampliação da sede, na capital paulista, e o início da primeira operação externa, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo.

Para Valdik Guerra, presidente da Contractors, o crescimento acentuado em 2006 é fruto de três fatores: “Os números refletem o grau de amadurecimento do setor de telemarketing, a política de valorização de nossos colaboradores e a demanda do próprio mercado, que nos impulsionou em direção a números bastante favoráveis”, avalia.

A base operacional de Mogi demandou um investimento de R$ 10 milhões e deve gerar 3.500 empregos diretos quando estiver em pleno funcionamento, em 2007. Além do impacto para o desenvolvimento da cidade, de 370 mil habitantes, a implantação do site potencializou o crescimento da empresa. Em apenas oito anos de atividade, já são 2.560 pontos de atendimento e mais de 3.500 funcionários.

A escolha de Mogi das Cruzes foi resultado de um cuidadoso processo. Como havia espaço para crescer além da capital paulista, a Contractors realizou um mapeamento para avaliar o potencial de 26 cidades paulistas. Foram levados em conta aspectos como distância da capital, população, número de universitários, qualificação da mão-de-obra, infra-estrutura de transporte e tecnologia, isenção fiscal e perfil do município, voltado à área de serviços.

Também em sua sede, na capital paulista, a Contractors vive um momento de expansão. Às 1800 posições do primeiro semestre, foram acrescidas 260, ampliando substancialmente a capacidade de atendimento. Quando estiverem concluídas as mudanças e implantações, em São Paulo e em Mogi, serão mais de três mil posições e quase sete mil funcionários.