Cresce procura por profissionais de telecomunicações

0
0

Um levantamento realizado pelo portal VidaExecutiva, especializado em recrutamento e gestão de RH pela Internet, mostra que a busca de profissionais com nível técnico nas áreas de telecomunicações e redes corporativas registrou, ao longo do semestre, uma alta de 10%, chegando a picos de até 20%, em relação ao mesmo período de 2000. ‘Considerando o mercado altamente aquecido do ano passado e o grande número de demissões da indústria neste ano, pode-se falar numa tendência de alta que se manterá mesmo com o nível de emprego em queda’, afirma Rubens Gimael, diretor do VidaExecutiva.

O Centro de Integração Empresa Escola (CIEE-SP) está levando a termo um acordo com empresas como Cisco Systems e a Telecon Consultoria e Treinamento para colocar no mercado estagiários em áreas de redes, telecomunicações e Internet.

O portal do Grupo Catho, no início de agosto, demonstrava que, enquanto o número de profissionais de informática que se ofereciam para emprego ficava abaixo dos 1,9 mil, o número de vagas cadastradas na área estava próximo dos 3,7 mil.

Pelos cálculos do International Data Group (IDC), a demanda por profissionais de telecomunicações e redes no Brasil deve atingir um contingente de 240 mil técnicos até 2004. ’O que acontece de fato no setor é o surgimento de uma infraestrutura totalmente nova e disseminada de telecomunicações e rede que ainda não tem seu exército de manutenção já constituído’, resume Flávio Murollo, diretor da Telecon.