Cuidados com a postura influenciam no rendimento vocal

0
10

A fonoaudióloga e psicomotricista Claudia Liechavicius – especialista em voz, pelo Centro de Estudos da Voz (CEV), e em patologias da linguagem, pela Universidade Estácio de Sá (UES) – destaca alguns cuidados necessários com a postura no trabalho. De acordo com a profissional, quando é instalado um quadro de stress muscular, todos os músculos do corpo podem ser afetados, principalmente os da região da nuca, pescoço e ombro, assim como os músculos respiratórios e os da coluna vertebral, refletindo a tensão para os braços e as pernas.

A laringe é envolvida por vários músculos do pescoço, que se originam na base do crânio e se inserem na clavícula e no ombro. Caso estes músculos estejam tensos, enrijecerão a laringe e, conseqüentemente as pregas vocais, provocando esforço durante a produção da voz. “Podemos observar que manter-se durante muito tempo na mesma posição, ativando a mesma musculatura pode ser prejudicial para todo o corpo, desencadeando inclusive alterações, tais como tendinite, disfonia, tensões e dores no pescoço, ombro e coluna”, ressalta Claudia.

Portanto, o corpo do operador deve ser preparado para produzir uma voz saudável e se manter confortavelmente sentado e digitando durante todo o período em que estiver atuando. Abaixo seguem algumas dicas de boa postura:

– O operador deve sentar em cima dos ísquios e manter sempre ângulos retos nas grandes articulações: tornozelo, joelhos e coxo-femural;

– O movimento específico de digitação deve ser apoiado pela musculatura do tórax e da coluna, e nunca do punho. Recomenda-se o uso de apoio para braços e pés;

– Não incline os punhos, mantenha-os apoiados numa superfície ligeiramente inferior aos dedos;

– Apoie sempre os braços quando estiver escrevendo ou digitando no computador;

– Mantenha a cabeça ereta e segure o telefone com a mão, caso não tenha headset, mantendo o cotovelo apoiado no braço da cadeira ou em cima da mesa;

– Mantenha a coluna ereta, sem nenhuma torção, apoie a região lombar no encosto da cadeira;

– Mantenha os pés plantados no chão ou em um apoio.