Designers desenvolvem projeto de call center

0
3

De acordo com a ABT – Associação Brasileira de Telemarketing -, ansiedade, angústia, depressão, isolamento social, além de dores musculares, de cabeça e de estômago fazem parte da rotina da maioria dos profissionais de telemarketing do país. Para tentar reverter este quadro, os designers Alvaro Guillermo e Meire Vibiano, do Mais Grupo, elaboraram o Projeto Call Center SIS, em parceria com a Immense, por meio de um estudo de conforto ambiental.

O Call Center SIS leva em conta fatores como iluminação, acústica, ventilação e temperatura, bem como valoriza curvas e cores, minimizando a fadiga e a sensação de “opressão”. A ergonomia, neste caso, juntamente com todo o estudo de conforto ambiental tornaram mais harmônica a relação entre o homem e o seu espaço. O projeto proporciona, deste modo, não apenas melhores condições de trabalho, como também contribui para um melhor rendimento dos funcionários, fator que atualmente é peça chave para o desenvolvimento e crescimento de uma empresa.

Ao contrário das estações de trabalho para telemarketing convencionais, o Projeto não remete ao formato box, em que o operador passa de 6 a 8 horas do dia praticamente confinado. Álvaro e Meire tiveram a preocupação de criar um produto que seguisse a tendência do design contemporâneo; a humanização do espaço de trabalho. Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, no início deste ano, a fisioterapeuta Carla Oda apontou que a falta de mobiliário adequado é um dos fatores para a manifestação de sintomas como o estresse nos operadores de telemarketing.

Foram meses de estudos, entre entrevistas, observação do mercado e visitas a postos de trabalho, além do teste do protótipo em centro de pesquisa para chegar ao produto final; um móvel ergonômico que prima pelo design e pela qualidade no ambiente de trabalho. “O Projeto Call Center foi pensado e elaborado a partir de uma observação do homem, respeitando suas formas e limitações. A idéia era fazer uma estação de trabalho que se adaptasse ao operador e não o inverso, como se vê no mercado atualmente”, afirma Alvaro.

Design faz a diferença

Uma pesquisa feita, em todo o Brasil, entre os anos de 2001 e 2002 pela Flex Editora e Eventos, revelou que o design é fator primordial na escolha e compra de produtos para call center e estações de trabalho. O estudo envolveu as seguintes áreas: arquitetura, engenharia, facilities e clientes finais corporativos e profissionais liberais. Veja abaixo:
Call Center – Motivo da escolha em porcentagem %
Design 20,78
Durabilidade 18,82
Acabamento 18,43
Variedade 10,59
Atendimento 10,2

Estações de Trabalho – Motivo da escolha em porcentagem %
Design 28,43
Durabilidade 17,25
Acabamento 16,61
Variedade 15,34
Atendimento 7,03