Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

Elifas Gurgel é o novo presidente da Anatel

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

O conselheiro Elifas Chaves Gurgel do Amaral deixa a condição de presidente substituto do Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), e a partir de hoje, 6, passa à condição de presidente efetivo do Conselho Diretor e presidente-executivo da Agência até o dia 3 de novembro de 2005. A nomeação foi feita pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por meio de decreto publicado hoje no Diário Oficial da União (DOU).
Elifas Gurgel integra o Conselho Diretor da Anatel desde 5 de novembro do ano passado. Indicado para o cargo de conselheiro pelo presidente Lula, até 3 de novembro deste ano, teve seu nome aprovado pelo Senado Federal em outubro de 2004. Antes de integrar o Conselho Diretor da Agência, Elifas Gurgel, natural de Fortaleza (CE), ocupava o cargo de secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações.
Um pouco do que pensa o novo presidente da Anatel foi revelado pelo próprio Elifas Gurgel em seu discurso de posse como membro do Conselho Diretor, em novembro de 2004, quando enfatizou a importância do trabalho conjunto entre o Ministério das Comunicações e a Anatel na busca de sinergia.
Na ocasião, ele destacou o imprescindível papel da Agência na regulação e na fiscalização do setor, quando também apontou os desafios que a Anatel tem pela frente: “Promover a inclusão digital através da universalização do acesso às redes de informação; incrementar a competição no mercado local e a expansão do mercado de banda larga; desenvolver o mercado de TV por Assinatura em classes sociais de menor renda; promover o mercado de telecomunicações móveis, considerando a competitividade, a evolução tecnológica e a distribuição geográfica equilibrada; reformular o quadro de pessoal da Agência sem perda de qualidade; promover e acompanhar o processo de convergência, ou seja, a integração dos serviços de voz, vídeo, dados e textos em uma única rede convergente; e defender, acima de tudo, o interesse dos consumidores, aprimorando o nível de qualidade de atendimento e de serviços”.
Currículo – Graduado em Engenharia da Computação pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) do Rio de Janeiro e pós-graduado em Redes de Computadores pela Universidade Católica de Brasília (UCB), Elifas Chaves Gurgel do Amaral exerceu outras atividades nos anos recentes. Entre 2003 e 2004, foi consultor de segurança do Banco do Nordeste do Brasil. Antes, foi subgerente de projetos especiais do Ministério da Defesa, integrou a equipe responsável pela operação do Sistema de Comunicações Militares por Satélite e o grupo que tratou do emprego de recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) no âmbito das Forças Armadas.
Ainda no Ministério da Defesa, chefiou o 1º Centro de Telemática de Área, organização militar do Exército responsável pelas telecomunicações e pela informática do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre (RS). Integrou a Comissão Técnica responsável pelas especificações das urnas eletrônicas utilizadas, desde 1996, nas eleições. Foi, também, representante da Diretoria de Informática na Comissão do Exército Brasileiro responsável pela implantação do Sistema de Vigilância da Amazônia (Sivam).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima