Em busca de novos negócios

0
3



Com meta de crescimento de 30%, a Sollo Brasil Call Center planeja para esse ano o desenvolvimento de um plano de comunicação para o mercado, principalmente no Estado da Bahia. Segundo o presidente Amós Alves de Souza, esse também será o alicerce para a evolução nos próximos anos. “Projetamos um crescimento continuado com base nas estratégias de comunicação adotadas ao longo de 2013”, revela o executivo, em entrevista exclusiva para o portal Callcenter.inf.br.

 

A aposta dele é que o mercado deve manter o crescimento ainda de forma acelerada pela necessidade cada vez maior de profissionalização do relacionamento, onde clientes, cidadãos e a sociedade em geral tem se tornado mais exigentes e criteriosos nas escolhas. “A necessidade do mercado em cuidar bem desses relacionamentos tem promovido a busca intensa de soluções mais profissionais e focadas na atividade, os contact centers”, explica.

 

Para Souza, a necessidade de intensificação da gestão do relacionamento no mercado foi sanada a princípio com o desenvolvimento de soluções internas na maioria das empresas e também no setor público. “No entanto, tal demanda, por tratar-se de atividade meio, não encontra o foco, profissionalização e qualidade que o mercado exige, o que tem feito que a atividade profissional dos contact centers seja cada vez mais demandada”, esclarece.

 

Com 14 anos de atuação, a Sollo quer aproveitar essa movimentação para reforçar sua atuação. A empresa teve uma fase inicial de desenvolvimento de atendimento a negócios próprios, tendo direcionado ao atendimento das demandas do mercado nos últimos cinco anos, com a abertura da primeira filial em Salvador há dois anos. A aposta para se diferenciar, segundo o presidente, é na alta resolutividade e qualidade nos negócios, “com forte aproximação e envolvimento nas demandas de cada contratante”. Tendo dois sites, um em Vitória-ES e outro em Salvador-BA, a empresa possui um total de 600 posições de atendimento e 1000 operadores. Entre seus principais clientes estão Unimed-VIX, Detran-ES, CESAN-ES, Prefeitura de Vitória, Jornal Correio-BA e Embratel.