Fine Marketing projeta crescimento de 30%

0
2
Em 2015, a Fine Marketing espera alcançar um crescimento de aproximadamente 30% em relação ao ano anterior. Já as projeções de longo prazo são diversificar as possibilidades de uso do telefone como ferramenta de captura de informações do mercado. Posicionada entre uma agência de comunicação e um call center, ela se autodenomina uma boutique de comunicação dirigida, ou seja, os projetos são customizados e é aplicada além da operação, estratégias, formatações e gerações de relatórios de campanhas.
Lançada em 2005, a empresa surgia para oferecer ao mercado planejamento e realização de projetos como pesquisas de opinião e satisfação, atualização e enriquecimento cadastral, RSVP ativo e receptivo, envio de e-mail marketing, geração de leads e digitação de cupons para criação de bancos de dados. “Temos a operação telefônica para a coleta de dados como um call center, mas também agregamos o planejamento na campanha, sugerindo melhorias junto ao banco de dados adotado na ação a fim de melhorar a oferta a ser veiculada e a forma de divulgação por meio de scripts personalizados e peças de comunicação assim como é feito em uma agência de comunicação”, afirma o publicitário e fundador da Fine Marketing, Fernando Adas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAos olhos da equipe
Próximo artigoCobrança multicanal