O canal para quem respira cliente.

Gestão de resultados

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



A Provider foi a 93ª da lista das 200 pequenas e médias empresas brasileiras que mais crescem da Exame PME. O ranking é baseado na expansão da receita líquida entre 2006 e 2008 de companhias com faturamento entre 5 milhões e 200 milhões de reais, com sede no Brasil e que operaram ao longo dos últimos cinco anos.

 

Para obter esse resultado, a estratégia da empresa pernambucana foi focar em melhorias na gestão. No ano passado, o empresário João Luiz Perez e os três sócios Arnaldo Haimenis, Edgar Belo e Maurício Figueiredo decidiram rever os processos contábeis e auditar balanços de anos anteriores. No entanto, ao analisarem os números, descobriram que vários contratos que fechavam com os clientes eram, na realidade, deficitários. E, em vez de gerar resultados, acabavam sendo fontes de prejuízo. A saída foi a renegociação. “Com exceção de um único caso, conseguimos encontrar formas de reajustar os preços sem perder os clientes, oferecendo mais serviços”, explica Perez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gestão de resultados

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin


A CorpFlex, provedora de soluções de infra-estrutura de TI sob demanda, realiza em parceria com a RM Sistemas, especializada em sistemas integrados de gestão empresarial, o ciclo de palestras Gestão de Resultados 2005 que está percorrendo as várias capitais do país. Em agosto, o evento passará por Fortaleza (16), Salvador (17) e Recife (18) e contará com a apresentação de Frederico Porto, professor convidado da FGV-SP e diretor do Instituto Integração Humana.

Porto irá apresentar a palestra magna “Gerenciar Mudanças: Antecipando o Inevitável”, na qual os participantes poderão aprender sobre a importância das mudanças para o sucesso, além da habilidade de antecipar os problemas, lidar com as ondas de mudança, suportá-las e aumentar a competência pessoal.

O evento contará ainda com a apresentação do professor Lúcio Fonseca, consultor da Fundação Pitágoras e de outras organizações, assessor de tecnologia do Ministério do Turismo e diretor de projetos internacionais da InfoEducacional, na palestra “Implantar um ERP ou subir o Everest: uma divertida comédia”.

Serviço
Data: 16 a 18 de agosto
Horário: 13h30 às 17h30
Local: Gran Marquise Meliá/Fortaleza; Fiesta Hotel/Bahia e Mar Hotel/Recife
Informações e inscrições no site www.rm.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gestão de Resultados

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin


A CorpFlex, provedora de soluções de infra-estrutura de TI sob demanda, realiza em parceria com a RM Sistemas, empresa especializada em sistemas integrados de gestão empresarial, o ciclo de palestras “Gestão de Resultados 2005”, que está percorrendo as várias capitais do país. Em 16 de agosto, o evento será realizado em Fortaleza (CE) e contará com a apresentação de Frederico Porto, professor convidado da FGV-SP e diretor do Instituto Integração Humana.

Frederico apresentará a palestra magna “Gerenciar Mudanças: Antecipando o Inevitável”, na qual os participantes poderão aprender sobre a importância das mudanças para o sucesso, além da habilidade de antecipar os problemas, lidar com as ondas de mudança, suportá-las e aumentar a competência pessoal.

O evento contará, ainda, com a apresentação do professor Lúcio Fonseca, consultor da Fundação Pitágoras e de outras organizações, assessor de tecnologia do Ministério do Turismo e diretor de projetos internacionais da InfoEducacional, na palestra “Implantar um ERP ou subir o Everest: uma divertida comédia”.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas diretamente no site da RM Sistemas. O número de vagas é limitado. Para mais informações, acesse www.rm.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gestão de resultados

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

João Gonçalves Filho

Muito se tem discutido sobre qual a real “equação de sucesso” para a empresa ser competitiva, lucrativa e, sobretudo, possa ter longetividade nos seus negócios. A complexidade do mercado atual, as profundas transformações do mundo atual ressaltam as dificuldades de se identificar uma equação única para todos os ramos de negócios, mercê das suas individualidades. Contudo, esta equação de sucesso para a empresa ser excelente passa, invariávelmente, por alguns pressupostos imprescindíveis de relacionamento entre: clientes – empresa – colaboradores – fornecedores e sociedade. Aí reside o foco central da questão.
A grande pergunta é: quais as práticas eficientes para uma gestão de resultados positivos para a empresa? Complexa é a resposta, contudo, imperioso um aprofundamento da gestão empresarial em mercados globalizados.
A gestão de resultados passa por todos os processos administrativos aplicados na empresa, em seus setores de trabalho, nas múltiplas atividades rotineiras do dia a dia, no relacionamento: diretores, colaboradores, clientes, no convívio ético interno e externo, em seu marketing de relacionamento, nos espaços físicos, enfim, em todos os detalhes da empresa. A harmonia de todos estas boas práticas resultará, certamente, na eficácia da empresa, ou seja, na sua capacidade de gerenciar e operar as melhores práticas para torná-las mais vantajosas diante dos concorrentes. Para o Profº Luis Marins – “a empresa de sucesso há de estar afinada, em todos os componentes e departamentos, a exemplo de uma orquestra sinfônica”.
O alvo central da empresa é, sempre, o seu cliente, aquele que gera lucro. Toda a política de sucesso deve estar direcionada para encontrar a sua satisfação, através do aprimoramento contínuo de atendimento, em algum diferencial singular. Os produtos e serviços devem atender às expectativas agregadas, certamente, como a qualidade e benefícios. Os descontos, as promoções podem se constituírem em excelentes mecanismos de vendas, desde que não sejam oferecidos, indiscriminadamente, pois reduzem a margem de lucro necessária para a sobrevivência dos negócios. Os serviços de atendimento, por outro lado, os clientes são canais relevantes de comunicação entre estes e a empresa: ora para elogiar, ora para criticar.
Na avaliação de gestão de resultados, destacamos a valorização de cada colaborador da empresa, que consiste na capacitação pessoal, no treinamento permanente, adequando-o na função exercida, enfim, na compreensão de que este é um ser humano e como tal deve ser tratado. A recompensa financeira passa pela democratização/participação nas decisões e resultados da empresa. Envolvê-lo nas decisões da empresa é uma das melhores maneiras de motivá-lo e compromete-lo com os resultados de lucratividade. Segundo o renomado palestrante e escritor Roberto Shinyashiki, “a empresa moderna chegou à conclusão de que há o imperativo de alocar recursos financeiros para valorização humana e profissional dos seus colaboradores, através da chamada ´gestão de recursos humanos´”. Tecnologias modernas de atendimento, treinamentos contínuos, valorização dos potenciais e talentos de cada colaborador hão de ser estratégias sempre utilizadas pela empresa.
A relação empresa e fornecedores é algo essencial para o sucesso da empresa moderna. Bons fornecedores são aqueles que oferecem à empresa produtos de qualidade, preços compatíveis com a realidade de mercado, melhores alternativas de pagamento, enfim, um real parceiro para encontrar os caminhos de sucesso.
E, como análise final, a empresa de sucesso há de ser, certamente, aquela que estar preocupada com o bem-estar da sociedade, com uma responsabilidade social definida, com o monitoramento e controle ambiental. A responsabilidade social deve ser encarada pelo empresário como uma oportunidade de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa, fraterna e melhor. Passa esta em melhorar a condição de vida dos mais humildes, dos seus colaboradores, enfim, garantir o bem-estar daqueles com quem se relaciona, como mecanismos para conquistar o sucesso.
João Gonçalves Filho (Bosco) é Administrador de Consórcio. ([email protected])

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima