Mitos e verdades do segmento

0
2

A parceria entre contratada e contratante é um dos principais pontos a ser observado para o sucesso das televendas. Ela precisa ser clara. Essa foi a conclusão a que se chegou no segundo painel do 6º Congresso ClienteSA de Televendas.  Na palestra apresentada pelo gerente de planejamentos estratégico de televendas da Claro, Lincoln Lima, foram expostos números e perspectivas da empresa que terceiriza as vendas por telefone. “Na hora de escolher um parceiro é importante considerar as tecnologias que eles dispõem para convertê-las no efetivo de vendas. Entender as necessidades específicas da empresa e considerá-las na hora de montar as televendas é fundamental”, diz.
Em seguida, o consultor Walter Coelho, apresenta os mitos e verdades dentro da atividade. “Muitas velhas verdades nos assustavam no início, por exemplo, quando se afirmava que o cliente tinha razão em tudo. Tínhamos que tomar um imenso cuidado com tudo o que íamos falar para o consumidor. Porém, com a criação dos direitos do consumidor esse medo acabou”, assume Coelho. O executivo também ressaltou a importância de flexibilizar o atendimento e os sistemas operacionais para a implementação bem sucedida e garantir a conversão final.
A gerente de televendas e da loja on-line da Nextel, Alessandra Tosta, e o sócio-diretor da Master, Delson Diniz também colocaram os seus pontos de vista sobre o planejamento de equipes vencedoras, relevando a necessidade de engajamento da equipe. O presidente da Flex, Topázio Silveira Neto, colaborou com sua opinião sobre a mão de obra para o segmento. “Os desafios diários consistem em entender porque uma equipe vende ou não, e descobrir a melhor forma de resolver possíveis problemas como este”, finaliza Silveira Neto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMitos e verdades do segmento
Próximo artigoPare de vender PA