Nova plataforma para Call Center

0
5

Determinada a buscar a excelência em soluções para Call Center, a Uranet, através de um ambicioso projeto de inovação tecnológica, acaba de realizar o sonho de muitos executivos do setor, uma solução completa, baseada em plataforma WEB para Call Center, transformando hardware em software, afirma Andrés E.R.Garcia, presidente da empresa. A substituição de hardware por software aberto – amigável, parametrizável, customizável – foi ampla. Restou apenas o PABX, na sua função simples e específica: transferência de ligações para ramais.
Através de camadas de softwares, a solução inclui todas as funcionalidades necessárias como o DAC, Front End, Gravador Digital, Discador Automático, Broadcast, Monitoria de Qualidade e até e Learning, tudo integrado. E o mais importante, tudo se transformou em Plataforma WEB. Tudo é browser agora. Instalação, só nos servidores, as PA´s apenas se conectam através de senhas, onde quer que estejam. Os supervisores, gerentes e diretores, também se conectam através de senhas conforme o seu perfil. Além de Online tudo agora passa a ser Real Time. Tudo. Gerência de tráfego, Campanhas, Gravações, Relatórios Processados na hora, até a Monitoria de Qualidade. Possibilita também a integração de diversos sites numa única plataforma. A nova solução torna possível gerenciar a distância, decidindo sobre mudanças táticas, por exemplo, de imediato, quando elas são mais necessárias.
Empresas como o Banco Panamericano, AMBEV, Banco Votorantim, Bovespa e Sundown, já operam através da nova plataforma. E de acordo com Garcia, as 1.200 PA´s atuais (500% de crescimento em 1,5 anos) deverão dobrar em menos de um ano, baseado na intensidade da procura que acaba surpreendendo os executivos dos mais variados segmentos de negócios.
A quebra de um paradigma, provocada pela solução, modificando os conceitos de Tempo e Espaço, abre novos caminhos para a Gestão Inteligente das operações de Call Center, exigindo até uma readaptação gerencial pela velocidade de tomada de decisões que se tornará necessária, opina Mário Sérgio de Camargo, diretor executivo da Teleação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorExtralife contrata novo diretor
Próximo artigoEconomia nas ligações