O coach como parceiro

0
1


Boa parte dos executivos que são recomendados para fazer sessões com o coach da empresa encara isso como uma punição. O que esses profissionais de suporte podem fazer para reverter essa imagem? “A abordagem do coaching evolutivo pode ser uma maneira eficaz e eficiente porque vai além da identificação e alcance das metas. Ele possui foco também na evolução e na elevação do nível de consciência”, explica o trainer internacional em Coaching e em Neurolingüística, Jairo Mancilha, diretor do Instituto de Neurolingüística Aplicada (Inap) e Instituto Internacional de Coaching (InCoaching).

O coaching evolutivo engloba diferentes modelos de coaching, tais como: executivo, com neurolingüística, integral, com psicodrama, além de modelo gravesiano (spiral dynamics). De acordo com os especialistas muitas pessoas não sabem exatamente os benefícios do coaching e por isso chegam à sala do coach com um sentimento de fracassado. “A melhor maneira é dar uma pequena amostra do trabalho, deixando-o mais tranqüilo sobre essa indicação. Ele precisa antes de tudo conhecer que o trabalho é realizado de forma confidencial e que há uma ética, para só então perceber como poderá se beneficiar como coachee (cliente). O que interessa é realizar o contato de forma fluida, que deixe o cliente em total confiança sobre o trabalho e isso você consegue com a prática e com técnicas específicas. O coaching evolutivo fornece ao especialista um arsenal de metodologias”, diz Jairo.

Após o estabelecimento de relacionamento de coaching, o trabalho deve ser realizado explorando as emoções, focando em algo importante de fato para o cliente, encontrando o propósito, entre outros mecanismos, além de escutá-lo ativamente. No nível pessoal, essa abordagem melhora a qualidade das relações pessoais, aumenta a auto-confiança, as habilidades e a auto-satisfação e amplia as possibilidades de auto-realização a partir da formulação de metas baseadas em princípios e valores autênticos. “Já no nível profissional, capacita o desenvolvimento de plataforma para um trabalho significante e gratificante, que é a base para o sucesso pessoal, profissional e financeiro”, avalia o especialista Jairo Mancilha. Além disso, oferece aos coaches, consultores e facilitadores a oportunidade de desenvolver excelência em gerenciamento pelo aumento do potencial humano e inovação acelerada.

O coach usa a ferramenta mais bem adequada ao processo de evolução do cliente. Quando se trabalha o coaching com psicodrama, por exemplo, o especialista ajuda a própria pessoa detectar possíveis dificuldades e bloqueios no desempenho da função ou papel, rever e ampliar teorias gerenciais e comportamentais, refletir sobre as principais dificuldades a superar mapeando as ações, além de outros benefícios.

Com confiabilidade e resultados eficazes, o executivo pode refletir aspectos gerenciais e de comportamento tendo o coach como um parceiro. “O coaching auxilia o cliente a elaborar da melhor maneira o seu papel, potencializar o desempenho e a lidar com as dificuldades que podem comprometer os resultados. Trata-se de um auxílio para ele se comprometer com a mudança, sendo pró-ativo no processo”, resume o trainer internacional em coaching Jairo Mancilha.