Os desafios do mercado

0
1

As revendas da América Latina que oferecem soluções Citrix e participaram do Citrix iForum 2004, na Flórida, nos Estados Unidos, de 4 a 7 de outubro, acreditam que o evento ajuda aos clientes compreenderem novas aplicações de negócio das soluções de acesso Citrix, além de possibilitar as revendas a desenvolver propostas mais completas por meio dos parceiros que complementam a proposta de negócios. Quase 60 executivos da América Latina, entre usuários, clientes em potencial e parceiros, participaram do evento anual, que contou com 2.900 pessoas registradas.

“As palestras foram de alto nível técnico e outras focavam a solução de desafios de negócios, dando uma visão de como a infra-estrutura de acesso pode atuar em diversos segmentos”, explica Ricardo Hori, diretor comercial da Empower, uma revenda Gold da Citrix no Brasil.

“O evento é um propulsor de negócios à medida que os clientes vêem outras maneiras da tecnologia ser aplicada. Conhecer novos cases é ótimo para acelerar isso”, aponta Hori. Desenvolver um relacionamento com as pessoas que adotaram a infra-estrutura de acesso é um outro meio de obter mais conhecimento, segundo ele.

O intercâmbio de experiência foi outro atrativo do iForum, conforme Alejandro Dominioni, vice-presidente da Datawaves, revenda de nível Platinum da Citrix na Argentina. “Conhecemos melhores práticas e implementações em todo o mundo e conversamos sobre desafios de negócios com profissionais da Ásia, Europa e América do Norte”, afirma.

Com opinião semelhante, Luiz Machado, sócio diretor da AddValue, uma revenda Platinum da Citrix no Brasil, vê as apresentações de casos de sucesso como uma oportunidade. “Independentemente de onde tenha sido implementada a solução de acesso, esforço-me para adaptá-la para o mercado brasileiro.” Os três executivos participaram de todas as edições anteriores da conferência iForum.

O chefe do departamento de sistemas de uma conhecida loja de departamento do Chile, que veio para o iForum pela quinta vez, dispara que o intercâmbio de informações sobre acesso com outros clientes e revendas não é restrita as sessões, palestras e workshops. “Ela pode ocorrer em qualquer lugar e a qualquer hora nas festas, no elevador ou no almoço.”

“Nossos clientes e as revendas obtiveram no iForum maior conhecimento da
infra-estrutura de acesso”, diz Fernando Campo, vice-presidente para América Latina. “Eles passaram a ter uma visão mais clara sobre como esse tipo de infra-estrutura garante uma manutenção mais simples do ambiente de tecnologia da informação e a flexibilidade exigida pelas mudanças nos negócios, para que as empresas se tornem ainda mais eficientes.”

Alberto Toledo, vice-presidente da Citrix para Brasil e Cone Sul, explica que o número de patrocinadores dessa edição do evento cresceu 40% ante 2003, alcançando 72 empresas. “Percebemos que criamos um mercado novo, o de infra-estrutura de acesso, e que agora podemos contar com um número de parceiros cada vez maior para complementar a nossa proposta de negócio.”

José Carlos Rezende Silva, encarregado de informática na Federação das Unimeds do Vale do Paraíba, uma operadora de planos de saúde no Brasil, aponta que acompanhou muitas sessões em que parceiros ou clientes falavam a respeito da Citrix. “Além de perceber diversas vezes que a Citrix recebeu um ´atestado de qualidade´ de seus parceiros e clientes, vejo também que tende a continuar inovando e crescendo.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRH em ordem
Próximo artigoAtendimento mais ágil