Proxis comemora resultados

0
3



Após um trabalho intenso de reconstrução da sua área comercial, incluindo reformulações em estrutura, processos, pessoas e sistemas, solução identificada como o caminho para enfrentar a crise econômica que atingiu o mundo no final de 2008, a Proxis, empresa de contact center especializada na prestação de serviços customizados, comemora os resultados alcançados. Este ano, até o momento, a empresa já registrou um aumento de 75% nas vendas em relação ao ano passado e, segundo Jimmy Cygler, CEO da Proxis, a expectativa é de que até o final do ano, o crescimento das vendas em relação a 2009 seja superior a 100%.


“Como nossos contratos são de longo prazo, iniciaremos o primeiro trimestre de 2011 com um patamar de faturamento na ordem de 30% superior ao igual período de 2010, com tendência de forte crescimento ao longo do ano. Nossa meta para 2012 é faturar o dobro de 2010”, afirma Cygler.

 
De acordo com o executivo, a maneira como a crise foi enfrentada dentro da empresa foi decisiva para o alcance destes resultados. “Toda crise, quando encarada com o pensamento de que ela não passa de uma academia de ginástica, que nos obrigará a melhorar nossa forma e nosso condicionamento, pode se transformar em uma verdadeira oportunidade”, opina Cygler. Segundo ele, com esta convicção, a empresa entendeu que precisaria dobrar ou até mesmo triplicar o trabalho da área de vendas, para atingir resultados minimamente satisfatórios.

 
A Proxis, então, contratou profissionais competentes e experientes e iniciou em 2009 uma verdadeira “virada cultural”, passando de uma empresa que vendia somente para quem a procurava para uma empresa que prospecta negócios de forma pró-ativa e efetiva. No início do ano passado, implementou o Salesforce, software de Sales Force Automation considerado o melhor no Quadrante Mágico de Gartner (diagrama que analisa e aponta as principais empresas de um determinado segmento e as classifica como líderes, desafiadoras, visionárias ou players de nicho) e colocou a área comercial como prioritária aos olhos de seu Comitê Executivo, o Comex.