Rede Unisys/Telemar interliga órgãos públicos de Alagoas

0
2

Projeto do consórcio Unisys/Telemar para interligar os órgãos públicos do Estado de Alagoas, a rede “Alanet” já está em funcionamento em 150 pontos da administração estadual, entre eles a Secretaria do Planejamento, a Secretaria da Fazenda e seus postos de fronteira, escolas estaduais, hospitais e delegacias. Até o fim deste ano, a rede já deverá estar completa, atingindo todos os 300 pontos previstos pelo edital num prazo menor do que o programado, que era de 2006.
A avaliação do projeto foi feita pela Secretaria do Planejamento, idealizadora da rede. O contrato foi assinado em maio de 2002 e a instalação da rede teve início em outubro do mesmo ano. A infra-estrutura é baseada em protocolo IP (Internet Protocol), com um backbone de 150 Mbps. Entre os 300 órgãos que serão interligados estão também as Secretarias de Defesa, as administrações do Detran, a Casa Civil, os postos de atendimento ao cidadão da Secretaria da Fazenda e postos de amparo ao trabalhador, da Secretaria do Trabalho. “Todos esses locais terão também acesso à Internet. Nos postos de atendimento ao cidadão, haverá acesso gratuito à web ao público”, afirma Eugênio Brandão, gerente do projeto Alanet na divisão de infra-estrutura e serviços (GIS) da Unisys Brasil.
Para atender os funcionários do Estado que utilizam a rede, o projeto oferece serviço de suporte telefônico (help desk) em todos os pontos. São seis técnicos residentes atuando em cada um dos 150 órgãos públicos onde o Alanet já está implantado. A rede é dotada de controle de segurança, gerenciada pela central de controle e de suporte que atua dentro das instalações do ITEC (Instituto de Tecnologia de Alagoas, órgão da Secretaria do Planejamento do Estado). A rede apóia também o programa “governo itinerante”, em que o governador não precisa despachar do seu próprio gabinete, mas sim de qualquer cidade do Estado, usando tecnologia.