Service desk esbarra na falta de recursos

0
2



A maioria dos profissionais de services desk sente que seu ambiente de trabalho inibe sua eficiência, aponta pesquisa patrocinada pela Landesk Software e realizada pelo Service Desk Institute. De acordo com o estudo, 93% dos entrevistados concordam que o service desk precisa ser mais eficiente. Cada vez mais os services desks estão sentindo a pressão de serem exigidos além de seus limites e frustrados por não poderem fazer mais. Este sentimento de frustração é generalizado, visto que um pouco mais da metade dos entrevistados, 52%, declarou não ter recursos suficientes para entregar o nível de serviço que aspira, e 79% admitiram sentir-se sob pressão no trabalho.

 

“Os services desks desempenham um papel essencial para manter as organizações funcionando de forma eficiente, mas está claro que eles estão se sentindo cada vez mais mal equipados para fornecer às empresas o suporte do qual dependem”, declarou Marcelo Lava, diretor da Landesk América Latina. “É preciso fazer mais para fornecer os recursos que os services desks precisam para gerar eficiência e manter os níveis de suporte, aumentando, assim, o valor que eles podem entregar à sua organização”.

 

A pesquisa também destacou que uma das maiores barreiras para a eficiência é o tempo gasto com tarefas simples que surgem diariamente. Dos entrevistados, 67% revelaram que o tempo gasto em um service desk é para apagar incêndios, em vez de ser aproveitado para estratégias e planejamentos.