Telemar e Gol anunciam contrato de transmissão de dados

0
4

A Telemar fechou contrato para fornecer toda a infra-estrutura de transmissão de dados nacional e internacional da Gol Linhas Aéreas com monitoramento e gerenciamento remoto da rede. O contrato é válido por dois anos. A rede corporativa de dados da Gol é formada por aeroportos, escritórios e data centers, localizados no Brasil e nos Estados Unidos, totalizando 40 pontos, sendo que 50% estão fora da área originária de concessão da Telemar. Para interligar todos os endereços, a rede antiga, do tipo Frame Relay, foi substituída por uma rede IP com tecnologia MPLS e qualidade de serviços (QoS), que permite à Gol priorizar as aplicações críticas da empresa. “A qualidade de serviço é um diferencial agregado ao MPLS, porque com o QoS o cliente pode definir a ordem dos aplicativos da sua rede de dados que precisam ser empacotados e encaminhados ao destino. Se a prioridade for videoconferência, o cliente não terá uma reunião interrompida porque a rede está ocupada transmitindo e-mails, por exemplo”, explica João Silveira, diretor superintendente da unidade de negócios corporativos da companhia.

A transmissão de dados com os Estados Unidos será feita utilizando a solução TC Data Global, um dos três serviços de dados internacionais da Telemar, lançado em julho deste ano. O Data Global é uma solução dedicada para viabilizar comunicações externas das empresas e instituições. A solução integra diferentes aplicações em um mesmo canal a velocidades que variam entre 64 kbps e 155 mbps sem restrições ao tipo de protocolo de comunicação. O monitoramento e o gerenciamento remoto da rede de dados da Gol será realizado a partir do Centro de Gerência de Serviços (CGS) da Telemar, localizado na Vila Olímpia, em São Paulo. Do CGS da Telemar, é possível acompanhar o funcionamento de todos os circuitos e equipamentos distribuídos pela rede, disparando ações corretivas, quando necessário.

“Em abril passado abrimos uma concorrência entre as principais teles para o fornecimento de uma solução de rede e de seu gerenciamento, na qual estavam expressos os seguintes objetivos: o proponente deveria apresentar uma solução que aumentasse a confiabilidade e desempenho das comunicações da companhia e reduzisse seus custos. Nos termos de referência da concorrência definimos os pontos chaves da arquitetura da rede e um modelo de SLA (service level agreement) bastante rigoroso. A Telemar saiu vencedora por apresentar a melhor combinação de solução técnica e de preços. Estamos confiantes de que esta nova parceria nos auxiliará na manutenção de nosso conceito operacional de eficiência e baixos custos” afirma Wilson Maciel Ramos, vice-presidente de gestão e TI da Gol.