TeleTech colhe resultados do projeto Conexão com o Futuro

0
5


A TeleTech, multinacional de terceirização de call center, criou o projeto “Conexão com o Futuro”, que possibilita aos jovens da Associação Meninos do Morumbi conquistarem seu primeiro emprego. Tiago da Silva Fonseca e Talita Lima dos Santos foram dois dos 17 privilegiados que conseguiram a primeira colocação profissional do projeto.


Na Associação Meninos do Morumbi há 8 meses, onde pratica dança, jiu-jitsu e toca na percussão da banda, Tiago, 18 anos, nunca imaginou que seu primeiro emprego seria numa empresa multinacional. “É muito difícil ter uma oportunidade de emprego em uma empresa grande, ainda mais quando você não tem experiência. Eu fiquei muito feliz quando recebi a notícia de que havia sido selecionado. É uma oportunidade que eu não vou deixar escapar”, afirma. Assim como Talita, de 17 anos, que participa da Associação há 9 meses, sempre teve o sonho de conseguir um emprego para ajudar a família e tentar uma vaga numa faculdade de Administração de Empresas.


Os novos contratados já estão familiarizados com o ambiente de trabalho e renderam elogios por parte de seus supervisores que acompanham diariamente as ligações e o desempenho de cada um dos 17 jovens admitidos através de monitoramento. “Outro dia, eu fiquei super feliz com um elogio que recebi da minha supervisora quando atendi uma ligação. E eu nem imaginava que estava sendo monitorada, foi bem legal”, conta Talita.


Além da remuneração mensal, de acordo com o piso salarial da categoria, os operadores receberão vale-refeição, vale-transporte, seguro-saúde e seguro de vida. Eles atendem diariamente centenas de consumidores de diversas empresas clientes da TeleTech e ouvem atentamente às solicitações, reclamações e pedidos diversos.


O setor de atendimento ao cliente no Brasil é um dos que mais empregam em todo o território nacional: cerca de 300 mil por ano. Só a TeleTech, emprega em sua sede em São Paulo mais de 1250 trabalhadores e opera, atualmente, 850 posições de atendimento. A empresa acredita no potencial de mercado brasileiro e quer contribuir com os planos do novo governo para a geração do primeiro emprego para a população menos favorecida.


“A atividade de atendimento ao consumidor é uma verdadeira porta de entrada para o mercado de trabalho como um todo, já que o treinamento e a experiência do dia-a-dia capacita os profissionais para diversas áreas, como vendas e informática, dentre outras”, explica Marcelo França, presidente da TeleTech América do Sul. Outra vantagem para os jovens é a qualidade do trabalho, que exige o cumprimento de baixas cargas horárias e permite que todos possam dar continuidade aos estudos.


O objetivo da TeleTech é continuar o projeto e, ainda este ano, oferecer novas oportunidades a jovens carentes de diversas instituições, inclusive na Argentina, por exemplo. “Nossa preocupação não é apenas treinar os jovens para que eles saibam atender consumidores com qualidade em uma central de atendimento, mas dar-lhes a formação conceitual e prática necessária para toda a vida profissional”, conclui o executivo.