Vector prevê crescimento de 25%

0
3
Impulsionada pelo crescimento do mercado, a Vector Contact Center anuncia que seu crescimento em 2014 deverá ficar em torno 25%, totalizando R$ 25 milhões. A empresa, nesse segundo semestre, dobrou a capacidade de atendimento, atingindo 2.500 posições de atendimento, resultado do aumento da demanda por operações na região Nordeste. “Nossa região vem se consolidando nesta área justamente pela melhora na infraestrutura de Internet e telefonia, custos mais competitivos e oferta de mão de obra abundante”, revela Deborah Barra, presidente da empresa que tem sua sede em Fortaleza, Ceará.
Ela  explica também que a capacitação da mão de obra ainda é um desafio constante, como em todo o resto do País, e necessita de treinamento, justamente para humanizar os atendimentos eletrônicos nas URA´s e facilitar o relacionamento com os clientes. “Por isso, estamos se destacando. Nosso principal diferencial são as pessoas. Entendemos que por ser uma empresa de serviços precisamos investir pesado na capacitação e no treinamento desde os atendentes até o corpo gerencial da companhia. Diante disso, nosso melhor resultado é a taxa de turnover que está abaixo de 3%.  Lançamos também neste semestre o Plano de Desenvolvimento de Líderes, onde o departamento de RH trabalha temas pertinentes a cada cargo, a fim de desenvolver as capacidades essenciais da função, desde dos atendentes, até supervisores e gerentes”, diz Deborah, ressaltando que a empresa já conta com 1.500 funcionários.
Outro fator que contribui para o crescimento da Vector é o aumento das contratações vindo de empresas da região Sudeste, detentora de 58% dos negócios no setor de relacionamento com os clientes. Recentemente, a companhia inaugurou um escritório de vendas em São Paulo, justamente para ficar mais próxima dos clientes da região. O forte investimento em tecnologia de ponta também auxiliou. “Oferecemos soluções para aqueles clientes com alto volume de chamadas em 0800, por exemplo. Nossa solução de CallBack é robusta, pois além de reduzir custo de telefonia não deixamos o cliente esperando muito tempo na fila, onde muitas das vezes geram insatisfação”, revela Ismael T.Santos Junior, diretor de tecnologia da Vector Contact Center. Outro investimento em tecnologia está nas ferramentas de atendimento multicanal, tais como: chat, e-mail, SMS, Redes Sociais e Telefone, além das aplicações e operações em nuvem.
Para 2015, a empresa vai continuar investindo nesses três pilares tecnologia, pessoas e infraestrutura para manter um crescimento constante. Além disso, a equipe de vendas terá como foco segmentos chaves como: telefonia, TV por assinatura, serviços de conectividade e financeiros, que somados detém 81% das contratações do setor de contact center.