A evolução do omnichannel na Black Friday

Modelos de compra 'ship from store', 'pick up in store' e 'showrooming' apresentam crescimento

0
5

Um dos destaques da Black Friday de 2019 foi o aumento das vendas omnichannel, isto é, aquelas que envolvem mais de um canal. Neste contexto, o modelo ‘ship from store’, no qual lojas atuam como centros de distribuição para reduzir custos de frete e tempo de entrega, representou crescimento de 320% em relação ao ano passado. É o que revela levantamento da Linx. Ela indica ainda que os varejistas tiveram uma boa adesão ao ‘pick up in store’, ou seja, a compra realizada online com retirada em loja física. Das marcas que ofereceram esta opção ao consumidor, a venda para retirada em loja representou 15% das vendas online totais.

O ‘showrooming’ também reforçou o avanço do omnichannel e registrou crescimento de 130% de participação nas vendas na comparação com o ano anterior. A modalidade garante que o consumidor receba o produto mesmo que não o encontre na loja física, pois é entregue mais tarde pelo e-commerce. Além disso, enquanto as vendas online aumentaram 24% em relação a Black Friday de 2018, a Linx constatou que a sexta-feira promocional deste ano registrou crescimento de 16% nas vendas do varejo físico na comparação com a de 2018.