A explosão do e-commerce

Nordeste, Sul e Sudeste registram crescimento acima de 100% nas vendas on-line em julho, frente ao mesmo mês de 2019

0
2
André Dias
André Dias

Não é novidade que a pandemia do coronavírus mudou o comportamento do consumidor, que está cada vez mais comprando pela Internet. No Sudeste, a alta do e-commerce foi de 100,95% em julho frente ao mesmo mês do ano passado. Considerando a mesma data de comparação, o faturamento do setor também expandiu na região: 98,77%. Os dados são do índice MCC-ENET, levantamento desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), em parceria com o Movimento Compre & Confie. Mesmo com bom desempenho, ao analisar os resultados de vendas por região, o Sudeste ficou em terceiro lugar, sendo o Nordeste (149,90%) o destaque e Sul (102,34%). Centro-Oeste (99,79%) e Norte (86,34%) ficaram nas duas últimas colocações.

“A manutenção dos altos índices de crescimento da região Sudeste mostra que consumidores criaram hábitos novos para aquisição de produtos de alto giro como Beleza, Saúde e Alimentos/Bebidas. Por isso, mesmo com a reabertura das lojas físicas, os percentuais de venda do e-commerce deverão permanecer em patamares muito altos em relação ao ano passado”, afirma André Dias, coordenador do Comitê de Métricas da camara-e.net e diretor executivo do Neotrust|Compre & Confie.