Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

A reflexão necessária

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Depois de um período de forte crescimento, o Brasil vem nos últimos anos dando alguns sinais de alerta. Ainda não é uma crise. Porém, a economia já não demonstra a mesma força de outros tempos, reforçando a tese de que está na hora de mudar. Como? Incentivando a produtividade, concretizando a promessas de reformas e ampliando o investimento na capacitação da mão-de-obra, como levantaram os debatedores do primeiro painel do XII Encontro com Presidentes, realizado hoje (27), em São Paulo. “Estamos passando por um momento de reflexão, em que é importante levantar as questões que afligem nosso desenvolvimento. Não é criticar por criticar, mas apontar os caminhos”, destaca Miguel Ignatios, presidente da Fenadvb, que moderou o debate.
A partir da experiência conquistada ao longo dos anos nos diversos cargos que ocupou na área privada e pública, o deputado estadual Vitor Sapienza reforçou essa tese ao afirmar que a culpa pelo Brasil estar na situação atual é de todos, que não soube pressionar o Governo. “De certa forma, somos os culpados pelo que aconteceu no País, pois não houve oposição, seja por comodismo ou medo”, afirma. Na opinião do deputado, é preciso ter coragem para enfrentar os problemas e mostrar o que está sendo feito de errado. “Como exemplo, temos o problema educacional, em que o Governo investe milhões nas faculdades públicas sem se dar conta de que forma isso está sendo gasto.”
Ainda sobre educação, o country manager da Englishtown Brasil, André Marques, colocou a capacitação como alavanca primordial da produtividade. “No ranking mundial de competitividade, O Brasil está bem atrás, mesmo tendo passado por um período brilhante de crescimento do PIB. A questão é a falta de formação na base”, alerta. Na visão dele, o pouco investimento no capital humano acaba fazendo com que o País tenha pequenos ciclos de crescimento, seguido de crises. “Existe saída, mas ela passa pela capacitação e aumento da produtividade.” Trazendo essa questão para a área de gestão de clientes, Lucas Mancini, presidente da Voxline, disse que a mão-de-obra chega cada vez mais despreparada. “Me preocupa essa questão do o capital humano. Não vejo nada sendo feito para mudar o atual quadro. Todos sabem que para o País crescer é preciso inovar, mas isso só vem com capacitação.”
VISÃO OTIMISTA
Apesar do cenário não tão favorável, Sergio do Monte Lee, managing partner da Maksen para América Latina, com base na vivência em diferentes continentes, tem uma opinião um pouco diferente. “Estou menos pessimista. O que vejo é um Brasil ainda forte, com muitas oportunidades de negócio.” Como exemplo, ele cita a unidade brasileira da empresa que tem projeção de maior crescimento entre todas as operações. “Estamos atravessando um momento difícil, mas o País tem fundamentos e capacidade de passar por essa fase”, acrescenta. Na mesma linha, Mancini também colocou que há muitas possibilidades para o Brasil, pois tem recursos e capacidade, mas resta saber ativar todos esses fatores. “O começo do próximo ano será decisivo para saber o que vai acontecer com o Brasil nos próximos quatro anos.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A reflexão necessária…

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Já faz parte da área de televendas ter lidar com desafios diários. Porém, nos últimos anos esses desafios aumentaram, principalmente por conta das grandes mudanças que vem ocorrendo no mercado de consumo. Agora há novos perfis de clientes, novas tecnologias e novos canais. E entender o impacto disso nas operações é fundamental para vencer nesse mercado altamente competitivo. Com a proposta de desmitificar esse cenário, a ClienteSA realiza o 3ª Meeting Televendas, evento que se consolidou no calendário dos especialistas da atividade. Marcado para os dias 21 a 23 de março, o encontro será realizado, durante um final de semana como nos últimos dois anos, no hotel Terras Altas, em Itapecerica da Serra (SP).
Após um primeiro dia de boas vindas, o evento começa na manhã seguinte com a apresentação de uma radiografia do mercado de televendas, a partir da pesquisa realizada com o intuito de mostrar de maneira mais detalhada o setor, embasando as discussões que surgirão com o decorrer do Meeting. A apresentação será de Walter Coelho, da Contato Efetivo. Em seguida, será a vez de Elvis Pimentel Vieira, do Santander, falar sobre o desafio de estruturar uma operação que traga resultado. Ainda no sábado pela manhã, o encontro trará um debate sobre os desafios e novidades da tecnologia no impacto dos resultados, com participação de Ricardo Gorski, da Interactive Intelligence, Carlos Mencaci, da Total IP, e Alberto Sampaio, da VoxAge.
Entre as apresentações da manhã e da tarde, o Meeting terá como novidade na edição desse ano a Clínica de Televendas. O objetivo é oferecer um encontro reservado para permitir avaliação de operações e desenvolver diagnóstico de políticas, estratégias e desempenho. Na volta, será a vez de acompanhar a palestra motivacional com o desafio de gerar e multiplicar conhecimento em toda a cadeia produtiva da operação, chegando ao operador.
O painel seguinte será reservado aos estudos de cases para explorar ações desenvolvidas pelas empresas que associam ações com experiência multicanal, aprendizado com segmentação de base de dados, o desafio da atualização de informações, conhecimento com novas gerações de consumo e seus novos canais de relacionamento, gestão de terceirização e os diferentes aprendizados na busca de resultados. Moderado por Dario Machado, da Cardif, as apresentações ficarão por conta de Cristiano Mattos, da Net, Seme Arone Jr., do Nube, e Francisco Alpendre Valerio, da Oi.
Dentro da proposta de networking e descontração, o Meeting traz ainda no sábado um jantar temático e degustação de cerveja. Junto, será realizada a entrega do Prêmio Personalidades ClienteSA – Televendas 2014. O prêmio reconhece aqueles que mais contribuem para o desenvolvimento da atividade de televendas, em diversos segmentos. Serão homenageados cinco profissionais, sendo que o mais votado receberá o troféu ouro.
O terceiro dia será aberto pela palestra de Michel Alcoforado, da Consumoteca, que irá demonstrar as tendências de comportamento dos consumidores, com variação de classes sociais e surgimento de novas áreas de consumo. Por fim, haverá um debate de encerramento com os participantes do congresso para avaliar modelos propostos, ferramentas de apoio, os novos canais e terceirização, discutindo quando, o que e como fazer.
Serviço
3º Meeting Televendas – ClienteSA
Data: de 21 a 23 de março
Horários: sexta-feira, das 16h às 21h; sábado, das 9h às 15h40; domingo, das 9h às 12h40
Local: hotel Terras Altas – Rodovia Régis Bittencourt, km 292,5 – Itapecerica da Serra/SP
Informações pelo telefone (11) 3393-3000, no site http://eventos.clientesa.com.br ou pelo e-mail [email protected]


Confira como foi a edição do ano passado:
Pesquisa revela que busca ainda é por modelo mais eficiente para contratante e callcenters
Executivo destaca a importância da interação da área de planejamento com o mercado de televendas
Serviço traz resultados, desde que haja uma estratégia por trás das campanhas
Diretor da MP Assessoria Empresarial chama atenção aos benefícios do humor no ambiente de trabalho
Com pouco tempo de mercado, Viajanet monta estrutura para atender demanda crescente da classe C
CBCC assegura conversão de vendas com solução de segurança na digitação dos dados do cartão
Gerente de marketing direto da seguradora evidencia a importância da inteligência aplicada no processo de gestão
Além de recuperar volume de vendas, Aon melhora satisfação do cliente com analytics integrado à operação
Especialista evidencia as reais vantagens de um ambiente de trabalho com profissionais motivados
Mais próximos, contratantes e call centers ainda compartilham os mesmos desafios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima