Elektro é a primeira no Índice Aneel de Satisfação ao Consumidor

0
2

A Elektro foi eleita em primeiro lugar no Índice Aneel de Satisfação do Consumidor (IASC), entre as grandes distribuidoras privadas de energia do Brasil, ficando com 69,11% da aprovação dos clientes e com a quarta colocação no ranking geral. Também ocupou a primeira colocação no estado de São Paulo. O Índice Aneel de Satisfação do Consumidor é um instrumento de avaliação das empresas de distribuição de energia, gerando os indicadores específicos para o setor elétrico e, foi criado para possibilitar um melhor acompanhamento, por parte de Aneel, da qualidade dos serviços prestados pelas empresas. A pesquisa foi executada pelo Instituto Vox Populi e abrangeu todo o mercado brasileiro de distribuição de energia elétrica, envolvendo no total 64 distribuidoras.

Durante o ano de 2001, a Elektro efetuou investimentos da ordem de R$100 milhões em diversas áreas da empresa. Estes investimentos chegaram aos 1,7 milhão de clientes em forma de mais qualidade no recebimento e utilização da energia elétrica em suas residências e novos produtos e serviços oferecidos pela concessionária. A empresa ainda demonstrou total comprometimento com seus clientes durante os meses de racionamento, não poupando esforços para comunicar e orientar sobre as melhores maneiras de economizar energia e sobre as regras do racionamento.

Dos investimentos efetuados na empresa, nos últimos anos, os que mais contribuíram para que os clientes percebessem a melhoria na qualidade dos serviços foram: centralização do call center; ampliação do número de linhas; ampliação do número de operadores de teleatendimento; disponibilização de 0800 exclusivo para atendimento de dúvidas sobre racionamento; centralização do Centro de Operação de Distribuição e Centro de Operação do Sistema; automação das subestações e implantação do que há de mais moderno em recursos tecnológicos.

Além de todos estes investimentos, outros pontos de grande importância que logo o cliente nota melhoria são os índices de DEC e FEC. O DEC – Duração Equivalente de Interrupção por Cliente – é o indicador que tem por objetivo fornecer um referencial da duração da descontinuidade do sistema elétrico e representa, em média, o tempo que cada cliente ficou sem energia. No ano 2001, este índice ficou em 9,56 horas/cliente/ano, contra 9,86 do ano de 2000. O FEC – Freqüência Equivalente de Interrupção por Cliente – revela, em média, o número de interrupções que o cliente sofreu. No ano 2001, este índice ficou em 7,90 interrupção/cliente/ano e, em 2000 o índice foi de 8,22. A redução destes índices apontam, efetivamente, a melhoria na qualidade e continuidade do fornecimento de energia elétrica.