Era das mulheres modernas

0
0
Apesar da delicadeza que a define, a força é algo que sempre marcou a personalidade da mulher, ainda mais no atual momento. Chamada de mulher moderna, esse é um perfil que somente existe por conta da luta feminina por espaço aos estudos, trabalho, pela sua independência e poder de decisão. Ainda que ainda existam obstáculos a serem ultrapassados, hoje, já é mais fácil que ela seja dona de si e com maior oportunidade à ascensão social. É justamente esse perfil que chama a atenção da Pernambucanas, o que fez a empresa voltar o seu foco a esse público. “A moda feminina é uma grande alavanca dos negócios de uma empresa como a nossa. Por essa razão, elegemos a mulher moderna, de 25 a 45 anos, como o foco de nossos negócios, sem menosprezar todos os demais clientes, de diferentes perfis, que mantêm conosco uma relação histórica de fidelidade,” explica o executivo de relações institucionais, Luiz Alcubierre. 
De acordo com o executivo, estar atento à mulher moderna é uma questão de acompanhar a evolução da sociedade. “Essa mulher moderna pertence hoje à classe média. Ela ascendeu socialmente, estudou, trabalha, cuida dos filhos e da família, mas também cuida de si mesma. Portanto, tem sua independência e forma opinião dentro e fora de casa. E com ela pensamos seguir crescendo nos próximos anos. O papel da mulher é vital em todos os sentidos e não seria diferente em relação à moda e ao estilo que oferecemos”, adiciona. A mulher sempre esteve no centro de todos os planejamentos da empresa, mas ele conta que a diferença, neste atual momento, é o caráter multidisciplinar e a liderança de opinião que ela possui. 
Por isso, a presença dessa cliente se faz essencial para a marca, o que resulta no atual posicionamento da empresa no mercado. “Estamos mais fortes, trazemos outros atributos que conquistamos em Lar e Eletro. A qualidade com a qual trabalhamos e a diversidade de oferta já nos diferenciam no mercado, uma vez que a mulher encontra em nossas lojas os mais distintos produtos para ela e sua casa. Há um esforço constante para que esta fidelização seja crescente”, afirma Alcubierre. Assim, há a preocupação em saber o que elas desejam e oferecendo aquilo que elas desejam: “liberdade de escolha, qualidade e sortimento, sempre”. E a missão da Pernambucanas é realizar essas exigências no menor tempo possível.
No Dia Internacional da Mulher, o executivo conta que além de uma ação especial às clientes, as homenagens também se direcionarão às colaboradoras. “Em um universo de 16 mil funcionários, 11.500 são do sexo feminino na Pernambucanas”, diz. “Além de representarem maioria numérica na rede, elas também são um espelho da mulher moderna, que trabalha, estuda, é antenada e, mesmo assim, não deixa de lado a preocupação com a família, com o próximo e com a manutenção da sua feminilidade.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOportunidade na dívida
Próximo artigoAvaya realiza Partner Engage Week