Gaia desenvolve canais de revenda para Group Technologies

0
3

A Gaia Informática, empresa de soluções de collaboration e segurança de redes, busca o desenvolvimento de canal, visando a formação de rede de revendas credenciadas para a plataforma de gerenciamento de e-mail da empresa alemã Group Technologies. A Gaia desenvolveu uma política de apoio a revendas que envolve a oferta de suporte técnico, marketing cooperado, marketing moldado de acordo com a necessidade do parceiro e mecanismos de fidelização de clientes.

De acordo com Rita Petenuci, profissional contratada para a direção da área de canais, até o momento três empresas estão certificadas como parceiras de negócios, prontas para a venda e integração da plataforma Group Technologies: Infobasys, Masterdom e SPWare, todas elas do estado de São Paulo. “Até o final do ano, estaremos definindo parceiros para as demais regiões do País. O canal de parceiros terá uma estrutura não pulverizada, com número enxuto de revendas credenciadas”, afirma a executiva.

Com presença em toda a Europa, Ásia e EUA, a Group Technologies se destaca no desenvolvimento de tecnologias direcionadas para a produtividade de sistemas de troca eletrônica de mensagem, incluindo a gestão e segurança de e-mail, sistemas de storage e recuperação de informações de correio eletrônico.

A plataforma SecuriQ é modular e engloba os itens de segurança para política de workgroup de missão crítica. Entre eles estão o bloqueador de spam e fiscalizador sde saída SecuriQ.Wall, que também identifica e rastreia a origem de mensagens recebidas; o módulo para anti-vírus SecuriQ.WatchDog e a ferramenta de criptografia SecuriQ.Crypt. Complementando a suíte, a nova família da Group traz o sistema de backup inteligente SecuriQ.Safe e o editor/autenticador de mensagens SecuriQ.Trailer.

De acordo com Fernando Neves, country manager da Group Technologies no Brasil, os conteúdos não produtivos chegam a representar 70% das trocas de mensagens, o que gera desde problemas de gestão até risco para a saúde da rede e desperdício de banda de passagem.