O canal para quem respira cliente.

Logística da Bosch busca excelência no atendimento aos clientes

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Para garantir qualidade na prestação de serviços, a Bosch fortalece seu projeto de logística, um trabalho que foi iniciado há dois anos e meio com a criação da Log (Logística para a Divisão Comercial na Fábrica Campinas) e contou com o suporte de todas as áreas internas da companhia.

A logística Bosch, conforme demonstram pesquisas, é hoje uma ferramenta de apoio às vendas e atende melhor aos distribuidores e revendedores. Esta melhoria pode ser visualizada pelo prazo de despacho das mercadorias, que caiu para, no máximo, dois dias depois de feito o pedido e pela disponibilidade de atendimento para autopeças, que passou de 75%, em 1999 para 95%, em 2001.

Estes dados são obtidos pela Bosch nas pesquisas que realiza constantemente com os clientes, medindo a evolução da qualidade e o índice de satisfação. A busca pela qualidade dos serviços e processos está alinhada ao conceito BeQIK, que propõe inovação e orientação ao cliente. O projeto logístico envolve todas as fábricas da Bosch – Campinas, São Paulo, Curitiba e Aratu – sendo que, na divisão de autopeças, com a implementação no Brasil do Centro de Competência (CoC) para a América Latina, a responsabilidade por toda a distribuição no continente ficou a cargo da logística da RBBR, independentemente da origem do produto.

Segundo Moisés Aparecido Ferella, gerente do Centro de Competência Logística da América do Sul, a meta é mais ambiciosa. “Com o comprometimento de todas as áreas envolvidas, queremos ser referência no Brasil e América Latina em termos de logística até 2002”, revela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima