Mês das mães puxa alta das compras parceladas

0
1



Com índice de 73,28%, o volume de cheques pré-datados transacionados em maio no Brasil registrou elevação de 2,08% na comparação com o mês anterior. Estes dados fazem parte de pesquisa mensal realizada pela Telecheque, empresa de concessão de crédito no varejo, que também verificou uma queda de 0,87% em relação ao mesmo período do ano passado (73,92%). “O Dia das Mães é a segunda melhor data para o varejo, perdendo apenas para o Natal. O crescimento do parcelamento nesta época do ano confirma a importância da data para o lojista brasileiro”, afirma José Antônio Praxedes Neto, vice-presidente da Telecheque.


De acordo com o estudo, entre os 19 estados pesquisados pela Telecheque, 17 deles apresentaram aumento das compras pré-datadas em relação a abril. O Rio Grande do Norte registrou o maior índice de parcelamentos do período (84,89%) e a maior elevação (6,65%). As outras altas mais significativas foram constatadas no Amazonas, com crescimento dos parcelamentos de 4,67%, Rio de Janeiro, onde o aumento foi de 3,53%, e Alagoas, com elevação de 3,50%.


Na comparação com maio de 2006, no entanto, 11 estados apresentaram baixa das transações parceladas, com destaque para três estados do nordeste. A queda mais acentuada ficou por conta de Alagoas, onde o declínio foi de 11,73%, seguido da Paraíba, com baixa de 8,70%. Ambos também registraram os menores índices de cheques pré-datados em maio, de 43,78% e 63,16%, respectivamente.