Nestlé realiza encontros virtuais com varejistas

Iniciativa tem objetivo de dar suporte na aceleração das vendas digitais no setor de alimentos e bebidas

0
10
Rodrigo Pinto
Rodrigo Pinto

As empresas tiveram de se adaptar às plataformas digitais, diante da mudança de comportamento de consumo, já que as pessoas têm demonstrado maior interesse em fazer compras pela internet. Na esteira desse movimento, a Nestlé promove, ao longo do mês de agosto, o E-Day, série de encontros virtuais com clientes varejistas para discutir sobre como a aceleração de vendas on-line pode acontecer de forma rápida e sustentável, e proporcionar a melhor experiência de consumo no ambiente digital.

Para Rodrigo Pinto, gerente de e-commerce da Nestlé, a atual e nova realidade trouxe uma mudança no comportamento do consumidor que não tem volta. “Nosso papel como indústria e líder no setor de alimentos e bebidas é dar suporte ao varejista na aceleração do canal digital. Com o E-day, vamos trabalhar estratégias de sortimento, promoções, mídia e relacionamento, atuando como parceira do varejo na gestão das informações e no impulsionamento de conteúdos relevantes com foco em conversão de vendas”, explica.

Com cerca de duas horas de duração, os encontros vão endereçar temas como cenário e modelos de e-commerce no Brasil, performance da Nestlé e desafios para o varejo. Serão conteúdos para ajudar na conversão de vendas por meio da oferta de experiências positivas nos canais digitais junto ao consumidor. No E-Day, também serão apresentados cases de sucesso das plataformas digitais de Nescafé Dolce Gusto e Nespresso. “Com o E-Day, ajudamos toda a cadeia a acelerar nessa nova realidade em um formato em que todos ganham: o consumidor, com a personalização da experiência de compra digital; a indústria, com a oferta conhecimento estratégico; e o varejo, com melhor desempenho nas vendas online e entendimento do comportamento do consumidor.”

Rodrigo lembra, ainda, que os participantes do E-Day são parceiros da Nestlé que atuam sob diferentes modelos de negócio, como grandes redes de supermercados e farmácias, pequeno varejo e empresas de delivery, e, por isso, apresentam necessidades também distintas no processo de vendas online. “Por essa razão, durante os encontros, ouviremos dos nossos parceiros sobre o desempenho, expectativas e metas em vendas digitais”, diz Rodrigo. Segundo ele, é uma troca de ideias que envolve os principais desafios do varejo nesse momento de mudança. “Com o aumento dos pedidos via e-commerce, um dos grandes desafios é o tempo de entrega, já que temos um boom de compras e muitos varejistas não estavam preparados para lidar com esse cenário”, destaca.