Qualidade de ponta a ponta

0
3



Com os clientes mais exigentes, as empresas de comércio eletrônico se viram diante da necessidade de oferecer qualidade no atendimento em todos os momentos da venda. “Desde o pré-venda onde se pode ajudar o cliente a escolher, ao oferecer o maior número de informações e canais possíveis, até a pós-venda para ajudar com um pedido realizado”, explica Alexandre Soncini, diretor de vendas e marketing da Vtex. E cada cliente deve ser tratado como único individuo interessado em comprar um produto, independente do canal de venda, de acordo com o executivo.

 

“Com a entrada de cada vez mais lojas no e-commerce, o preço não será mais o grande diferencial e nesse sentido todas as empresas investem bastante no atendimento ao cliente para se diferenciarem no mercado”, pontua o diretor. “Tivemos um grande número de novos consumidores realizando sua primeira compra on-line. Também percebemos o amadurecimento dos compradores com relação aos produtos, marcas e lojas virtuais e as redes sociais também ajudaram bastante a evoluir esse público”, complementa.

 

Soncini destaca ainda a grande evolução do setor de e-commerce no Brasil em 2011. “Podemos dizer que em 2010 estávamos a 3 ou 4 anos atrás dos países mais evoluídos nesse assunto, como EUA e Inglaterra, e no último ano conseguimos acelerar muito e tirar grande parte desse ´atraso´. Hoje não deixamos mais nada a desejar em relação a tecnologia para e-commerce no Brasil”, afirma. O executivo aponta que a tendência é que 2012 seja ainda melhor com a consolidação definitiva do setor e entrada dos grandes players que ainda estão faltando.