Rede de hotéis adota telefonia IP

0
9


Normalmente relegados a um canto invisível para aqueles que conhecem apenas quartos espaçosos e recepções luxuosas, os sistemas de comunicação são responsáveis por uma razoável parte dos gastos que os hotéis exibem nos balanços contábeis. A rede George V, no entanto, conseguiu reduzir esse impacto, após a adoção do serviço voipMais, principal produto da TMais, operadora de telefonia fixa. “O sistema nos proporcionou uma economia de 35%, em média, nos hotéis”, conta o diretor-geral do Grupo Aldan, André Abreu Pereira, que adquiriu o voipMais no início deste ano.

A redução nos gastos possibilitou a criação de pacotes promocionais aos clientes. Um deles, implantado no início de 2006, deu desconto de 25% nas chamadas originadas por hóspedes moradores. “Conseguimos tirar a idéia que ligações para fora do Brasil são extremamente caras, principalmente aquelas que partem de dentro de hotéis”, diz Pereira, que notou um aumento no número de chamadas. Para ele, o sistema é ideal para empresas que tenham filiais em outros estados e fora do país. “O pay-back vem em poucos meses, de acordo com a utilização”, garante o executivo.

Mas, para que a solução trouxesse vantagens reais, seria necessário que o voipMais mantivesse uma constante qualidade dos serviços. Tal meta foi atingida, uma vez que a TMais está estruturada para cumprir com os indicadores de qualidade determinados pelas licenças de Serviço de Telefonia Fixa Comutado e do Serviço de Comunicação Multimídia, concedidas pela Anatel. Para alcançar os objetivos da autarquia, a empresa investiu em infra-estrutura própria. Segundo a empresa, além de garantir a qualidade, este modelo possibilita à operadora moldar sua rede de acordo com as necessidades dos seus clientes.