Um novo cenário

0
3


A nova geração de clientes modificou o cenário, assim como os funcionários também mudaram. Esse foi o foco do painel do CIC Brasil que trouxe a visão latinoamericana. Com a palavra, Ricardo Duran, da Associação Colombiana de Contact Centers (ACDECC), iniciou o bate-papo afirmando que apesar de tantas novidades ainda é importante manter as práticas tradicionais. “Apenas com pesquisa de satisfação de produtos e serviços é que saberemos como está o mercado. O mesmo acontece sobre prospecções de clientes, pois apenas com dados fornecidos por eles poderemos gerar novos serviços e produtos”, disse.

O colombiano também comentou sobre a mudança do CRM, que agora passa a ser chamado de SCRM, sendo o “S” de social media. “É obrigatório que a empresa monitore o que o cliente diz sobre a marca nas redes sociais, pois o empreendedor deve saber o que se passa com os usuários dos serviços”, explicou.

Em seguida, Elba Castaneda Sanchez, do Instituto Mexicano de Telesservicos (IMT), iniciou a palestra comentando três pontos essenciais para o bom desempenho das empresas: estratégia de negócios (aonde a companhia deseja chegar), líderes capazes de incentivar e inovar, e por último, a atenção a voz do cliente. “Atualmente, para deixar o cliente contente é importante oferecer um leque diversificado dos produtos, e para isso deve atingir o consumidor nos aspectos psicológicos, econômicos e funcionais”, comentou a palestrante diante do novo cenário que envolve um cliente exigente.

O argentino Juan Pablo Tricarico, da Clienting Group, fechou a conversa falando sobre pessoas, tanto em relação ao funcionário, como o novo cliente. “O cliente da nova geração confia na tecnologia e em sua funcionalidade, muitas vezes eles não tem informações básicas, pois contam com a agilidade da máquina”, ponderou. Tricarico disse que atualmente está cada vez mais difícil encontrar funcionários responsáveis, comprometidos e capazes e salientou a importância da inclusão de portadores de deficiência no mercado. “Hoje o colaborador mais competente que eu tenho é deficiente visual. Ela tem uma boa vontade inacreditável”, finaliza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUm novo cenário
Próximo artigoKinoshita recebe troféu ouro