Vendas diretas em alta

0
16
O estudo de dimensionamento do mercado de venda direta, realizado pela ABEVD, Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas, mostra que o mercado atingiu R$ 41,6 bilhões em volume de negócios em 2013, um crescimento de 7,2% em relação ao ano anterior. Esse valor é superior ao IPCA, Índice de Preços ao Consumidor Amplo, acumulado do período, que foi de 5,9%.
O número de revendedores – profissionais autônomos atuantes em empresas associadas e não associadas – também cresceu em relação ao ano de 2012, 1,28%, totalizando 4,5 milhões em todo o país. “Podemos encontrar revendedores diretos que vêem na atividade sua principal fonte de renda e desenvolvem o negócio em tempo integral, bem como outros que encontram nas vendas diretas um complemento de renda. O aumento do volume de negócios reflete justamente todo o movimento empreendedor de Norte a Sul”, comenta Lucilene Prado, presidente da ABEVD.