Vendas do comércio registram alta

0
3



O Indicador Serasa de Atividade do Comércio apontou um crescimento de 11% no volume de vendas do comércio varejista nacional, na relação do primeiro bimestre de 2008 com o mesmo período do ano passado. O varejo especializado (eletroeletrônicos, veículos, materiais de construção etc.) registrou alta de 12,5% no período. As vendas nos hipermercados e supermercados (varejo de alimentos e bebidas em mercearias, açougues, quitandas e distribuidores de bebidas) subiram 9% na mesma comparação.


O aumento também foi observado em fevereiro deste ano na comparação com fevereiro de 2007. As vendas totais evoluíram 10,9% no período, sendo que o volume de vendas dos hipermercados, supermercados e do varejo de alimentos e bebidas cresceu 9,2%, e o varejo especializado registrou elevação de 12,5% no seu volume de vendas.


Já na comparação com o mês anterior (janeiro de 2008), as vendas diminuíram 8,6%, com queda de 2,2% nas vendas do varejo composto pelos hipermercados, supermercados e varejo de alimentos e bebidas, e recuo de 12,8% no varejo especializado. As quedas apresentadas pelo indicador refletem a ocorrência do Carnaval logo nos primeiros dias de fevereiro deste ano, dentro do período de férias, o que afetou essa relação, além do menor número de dias úteis, mesmo sendo ano bissexto.


As altas no indicador, segundo os técnicos da Serasa, refletem a expansão da oferta de crédito, os prazos mais longos de financiamento, a inadimplência sob controle, o crescimento do emprego formal (com carteira assinada) e a evolução da massa salarial. O Indicador Serasa de Atividade do Comércio mostra, no primeiro bimestre de 2008, a permanência do bom nível de atividade econômica verificado em 2007, no país. O comércio especializado, mais dependente do crédito por envolver produtos de maior valor agregado, continua puxando o crescimento das vendas, tanto na comparação anual quanto no acumulado de 2008.