Resoluções para 2009

0
2



Considerando que estamos em fevereiro, pode ser que o leitor já esteja farto de ler listas de resoluções de ano novo. Vou arriscar mesmo assim, pois a lista abaixo pode, de fato, ajudar em campanhas de marketing para este ano. Inclusive porque se trata de um ano que promete muitas emoções.

1. Use mais mídias sociais
Depois da campanha do Obama, não dá mais para desprezar o poder dos portais de relacionamento social. Eles funcionam, sem dúvida, e têm a vantagem de serem gratuitos. O Orkut, apesar do mau uso que tem sido feito dele, ainda tem força se bem planejado. Para alguns produtos, principalmente nas faixas etárias mais jovens, o Facebook é indicado. O Linked In e outros portais profissionais podem funcionar. E o mais quente é o Twitter. Se tiver dúvidas sobre as táticas mais adequadas para cada um, não hesite em enviar um email para mim.

2. Rastreie consumidores e visitantes
Pergunte sempre como as pessoas ouviram falar do seu produto, empresa ou site no seu formulário de permissão (opt-in) ou após a compra. E inclua amigos para descobrir se o boca a boca está gerando algum negócio. Se estiver anunciando em algum veículo específico, cite-o especificamente nas perguntas. Assim, poderá descobrir de onde vêm seus melhores clientes e melhorar seu plano de mídia.

3. Use links patrocinados
É o melhor modelo de negócio que existe no momento. Permite controle o total dos gastos e também do que está sendo comunicado. E você mesmo poder fazer! O Google oferece todas as ferramentas para controlar quanto gasta, inclusive por dia, e relatórios fantásticos sobre o que está e o que não está funcionando. Só não é mágico: leva um tempo até os resultados aparecerem, mas quando isso acontece o custo até diminui. Pergunte-me como.

4. Pesquise o que seus consumidores querem
Não precisa de soluções sofisticadas, basta usar os pontos de contatos que já tem: central de atendimento, e-mail, website, e perguntar sempre. Feito isso, o próximo passo é tabular as respostas e trabalhar a partir delas.

5. Embarque no conceito de colaboração
Não importa o tamanho de sua empresa, cada vez mais é necessário consolidar e compartilhar a informação disponível. Isso pode ser feito com o uso de sofisticadas ferramentas de Knowledge Management ou, simplesmente, usando ferramentas gratuitas como o Google Docs. Ou, de forma ainda mais simples, colocando tudo em planilhas e apresentações, e publicando na rede da empresa. O que importa é o conceito por trás disso: ao compartilhar as informações e as ideias, garantir que elas cresçam, se multipliquem e ajudem a enriquecer a empresa. Em todos os sentidos.

Até a próxima.

Fernando Guimarães é especialista em marketing de relacionamento e branding. Atualmente, dirige a área de marketing da Gradual Investimentos. Email: [email protected]