Brasilprev se adéqua à LGPD

Companhia foca em monitoramento e personalização de regras para se adequar à lei

0
195
Rogério Lelis, diretor de Gestão de Riscos e Data Protection Officer (DPO) da Brasilprev
Rogério Lelis, diretor de Gestão de Riscos e Data Protection Officer (DPO) da Brasilprev

A Brasilprev se preparou previamente para atender às disposições da nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que passou a vigorar em agosto de 2020. Com mais de dois milhões de clientes, a companhia estudou o tema durante seis meses com o apoio de uma consultoria, e focou seu trabalho em desenvolver processos de monitoramento e personalização de regras. Um dos resultados é o lançamento do seu novo site já com todas as ferramentas em prol da gestão da LGPD.

“O primeiro passo foi um mapeamento completo da utilização e armazenamento das informações dos nossos clientes. Nossa equipe e a consultoria se reuniram com todas as áreas para entender o tratamento de dados, um tema que já era trabalhado nas rotinas, o que facilitou o processo de adequação”, afirma Rogério Lelis, diretor de Gestão de Riscos e Data Protection Officer (DPO) da Brasilprev.

Com um planejamento estipulado para ocorrer em agosto do ano passado, a Brasilprev buscou criar um ambiente que garantisse a segurança dos dados dos clientes. Durante seis meses, a companhia se comunicou com todos os fornecedores, realizou workshops com os times e incluiu novas cláusulas contratuais, criou uma caixa de e-mail de Privacidade e atualizou os canais de atendimento.

Entre as medidas de proteção adotadas se destacam a elaboração de questões como a metodologia para a matriz de incidentes, fluxo para cenários de crise e respostas para incidentes de segurança da informação, além da estruturação do modelo de reporte DPO. O trabalho envolveu ainda o treinamento de 642 funcionários diretos, mais de 500 terceirizados e o envio de comunicação informativa aos fornecedores.

“Nos aprofundamos na conscientização interna sobre a utilização dos dados. Hoje qualquer um dos nossos clientes que queira saber sobre como essas informações são tratadas será atendido por nossas equipes que estão prontas para seguir com a conformidade da Lei de forma clara e simples”, afirma Luciana Ornelas, gestora da equipe da Brasilprev responsável pelo desenvolvimento do projeto de Adequação à LGPD.

O novo site da Brasilprev, que acaba de ser lançado em janeiro, já tem o resultado dos esforços da companhia para se adequar à nova lei e conta com todas as ferramentas em prol da gestão da LGPD pelo cliente. Todos os avisos de privacidade já estão no portal e na área logada e o cliente pode solicitar um relatório de transparência do uso de seus dados.