A saga de Masal Bugduv

Essa vale a pena: o vetusto The Times inglês embarcou uma canoa furadíssima, segundo o artigo abaixo, da Paula Rizzo, publicado em Blue Bus, e que comenta o artigo do site SoccerLens (http://soccerlens.com/the-curious-case-of-masal-bugduv/20613/), sobre o blogueiro que desmascarou o caso. Interessante principalmente pelo que nos pode ensinar de como a credibilidade passou a ser manipulada. Lembrei de casos recentes no Brasil em que uma conceituada revista semanal publicou acusações a determinado personagem sem atribuí-los a fontes e logo depois a reportagem foi anexada no processo em que um outro personagem, que vinha sendo processado pelo acusado, como prova. Mas leiam:

“Em janeiro o periódico inglês The Times listou em um especial os 50 jogadores de futebol que vao explodir em 2009. Nela figurava um atacante de 16 anos, Masal Bugduv, supostamente “o melhor da Moldova” (regiao nordeste da Romênia). O jornal dava como certa uma transferência para o clube inglês Arsenal. O jogador também recebeu mençoes entusiasmadas no site Goal.com e também na revista ´When Saturday Comes´.

“Até que o blogueiro Neil McDonnell, que escreve sobre esporte, sacou que alguma coisa podia estar errada. Ele leu num blog russo um comentário tirando sarro do The Times e foi atrás. Descobriu que nao só o jogador nao existia como ´Masal Bugduv´ nao era nem um nome de origem moldova. Fuçando, McDonell descobriu que tinham sido criados uma série de releases falsos da Associate Press sobre o jogador que foram postados em fóruns de futebol, foi criado um perfil na Wikipedia (que já foi atualizado depois que a farsa foi revelada), entre outros. O criador do ´hoax´ sabia bem como funciona o fluxo de informaçao online. Comentários em fóruns e blogs enganaram os blogs, os blogs enganaram os jornais locais, os jornais locais enganaram as revistas até chegar no The Times. Quem estiver interessado pode ler como McDonell foi revelando a farsa no post que ele publicou no site SoccerLens.

“E tem mais – o site The Run of the Play sugere que Masal Bugduv é na verdade ´M´Asal Beag Dubh´ (´Meu pequeno burro preto´), uma fábula irlandesa que conta a história de um vendedor desonesto que quer cobrar uma fortuna por um burro preguiçoso. Uma bela tiraçao de sarro das milionárias transferências do futebol.

“Curioso é que o Times, ao invés de aproveitar a ocasiao para refletir sobre a crise das fontes e o efeito deste tipo de hoax sobre a imprensa, silenciosamente modificou a trigésima posiçao de seu ranking no Times Online, trocando Masal por um outro jogador. Dias depois (e talvez até em resposta a uma critica de seu maior concorrente, o Guardian), o The Times publicou uma notinha discreta em seu site, comentando que esta nao foi a primeira vez na história do esporte que um fato como este aconteceu.

“A fantástica história do atacante Masal Bugduv mostrou como muitas vezes se publica aquilo que nao se sabe e que, nos tempos de hoje, é difícil saber o que é uma fonte confiável.”