Os passos de criação da ABT

0
46


Há três décadas, o telemarketing significava um investimento perigoso ou mesmo sem importância para a maioria das empresas brasileiras. No início dos anos 80, sem credibilidade, a atividade era vista como modismo passageiro, defendida por um irrisório grupo de pessoas consideradas excêntricas, na época.

Felizmente, a realidade hoje é bem diferente. Movidas pela acirrada concorrência, empresas dos mais variados segmentos econômicos procuram serviços de telemarketing. Atualmente, o setor movimenta uma parcela considerável do PIB brasileiro, e tem uma base de consultores, profissionais e indústrias estabelecidos. Além disso, o telemarketing é utilizado de forma profissional como suporte à venda e ao serviço de atendimento.

A Associação Brasileira de Telemarketing – ABT deu uma das maiores contribuições para a organização da atividade no País. Engajados na luta contra os que desacreditavam do potencial do novo mercado, e com base na realidade norte-americana, onde o telemarketing era visto como fenômeno, os fundadores da ABT tinham por objetivo difundir informações, criar normas e organizar o mercado em expansão, além de dar credibilidade. Dessa forma, eles conseguiram consolidar o mais novo ramo de negócio.

A maior parte das reuniões de estudo sobre a criação da ABT ocorreram no salão nobre da agência americana Young & Rubicam, sendo que as duas últimas foram no auditório do Crefisul. A administradora de cartões de crédito Credicard, uma das grandes incentivadoras da criação da entidade, ofereceu de presente a logomarca e os primeiros impressos.

Entretanto, a fundação oficial iria ocorrer no restaurante La Távola, no Bexiga, em 22/09/87, reunindo 28 executivos. As fotos do evento foram cortesia da Kodak e da Caterpillar. E a ABT deu início aos seus trabalhos no dia seguinte, numa sala de apenas 2×2 metros, cedida pela Teleação, empresa do então presidente da associação Mário Sérgio de Camargo. Este espaço foi utilizado pela entidade durante mais de dois anos.

Os fundadores da entidade foram Mário Sérgio de Camargo (o primeiro a ocupar o cargo de presidente da associação),
Reinaldo da Costa Pereira da Silva,
Francisco de Assis Santos Sobrinho,
Vitor Daniel de Almeida,
Ricardo Musumeci,
Walter Savaglia,
Vitor Salgado Filho,
Moracy das Dores,
Pedro Luiz Guerra,
Eduardo Marafani Jayme Archinto e André Luís Gonçalves.

Outros profissionais que participaram da criação da ABT foram:
Danilo Leal,
Valter Cunha,
Luiz Fernando Portela,
Carlos Pougi,
José Carlos de Salles Neto,
Arsenio Marins Filho,
Eduardo Schubert,
José Antônio Soler,
Uri Hollaender,
Fernando Lacerda,
Antônio Lefevre,
Paulo Maffei,
Felipe Gomez Perez Washington Lúis de Almeida e
Paulo Rosa Filho.

Fonte: Revista TEMA, da Associação Brasileira de Telemarketing (ABT).