Como explorar o poder do email transacional

As marcas que os negligenciam experimentam problemas de entrega e perda de clientes
Ao contrário dos emails comerciais, que exigem a aceitação explícita do destinatário, os emails transacionais são enviados em resposta a ações, comportamentos ou eventos específicos. À medida que as regulamentações globais se restringem à privacidade do email, os emails transacionais são um dos poucos canais que os profissionais de marketing podem aproveitar sem o consentimento explícito. Isso oferece oportunidades para incluir frases de ação nos e-mails transacionais, como a aceitação de boletins informativos ou a presença social da marca – etapas para a construção de um relacionamento com o cliente para obter maior retenção. O relatório mais recente de benchmark de email indica que os remetentes reconhecem a importância dos emails transacionais, mas não priorizam a experiência do usuário. Segundo o relatório Benchmark 2020, da Spark Post, emails transacionais e acionados (por exemplo, ´emails de boas-vindas´) estão aumentando, mas os remetentes não estão investindo o suficiente na tecnologia por trás deles para manter a entrega, o envolvimento e a qualidade consistentes. Essas mensagens são um elemento crítico da experiência do cliente. Se é um email de confirmação com um recibo, um ticket para um evento ou uma atualização de pedido, é imperativo que o email seja enviado e recebido pelo cliente. chave para estabelecer confiança com os clientes e manter a integridade da sua marca. Para os profissionais de marketing, negligenciar esse tipo de e-mail pode levar a problemas de entrega a longo prazo, incluindo má reputação do remetente e relacionamentos manchados com os clientes. Apesar de 95% dos entrevistados indicar que o e-mail transacional é ´muito importante´ ou ´um pouco importante´ para o engajamento, as reclamações dos clientes estão aumentando devido a e-mails transacionais que nunca chegam à caixa de entrada. “Existe uma correlação direta entre a falta de investimento em elementos fundamentais – como teste, autenticação de entrega e análise de e-mail – e o aumento de reclamações de clientes”, disse April Mullen, diretor de estratégia informações para o SparkPost. Fonte: Marketing Land

Domino´s é um estudo de caso de como usar mobile direito
A Domino´s foi uma das primeiras a adotar o marketing móvel e está dobrando a estratégia que ajudou a cadeia de pizzas a se tornar famosa não apenas nos EUA, mas também na Irlanda e no Reino Unido. A empresa, que está desenvolvendo um aplicativo atualizado e ao focar sua mensagem no Snapchat e no Instagram, ganhou recentemente o prêmio Brand of the Decade como parte do Effective Mobile Marketing Awards de 2019 em Londres. A rede tem se destacado como uma participante chave na inovação móvel e digital no Reino Unido e na Irlanda desde novembro de 2009, quando se tornou uma das primeiras cadeias de entrega de fast food a implementar um conveniente processo de pedidos online para computadores desktop. Em setembro de 2010, a rede lançou seu primeiro aplicativo para iPhone, que acumulou 14,2 milhões de downloads até 2016, e ganhou vários prêmios desde então. Um dos recursos mais atraentes para clientes repetidos é o Domino´s Pizza Tracker, que agora está disponível em computadores, dispositivos móveis, e até o Apple Watches. Durante a última década, a Domino´s continuou a manter a mobilidade na vanguarda dos negócios. Em 2019, buscou garantir que todas as nossas peças criativas geradoras de visitas sejam verdadeiramente móveis e sociais. Aumentou oa esforços em canais em tempo real, como Instagram e Snapchat, para envolver os clientes horas e minutos antes do pedido. Também revisaram a estratégia de PPC para otimizar dispositivos móveis, Alguns dos recursos mais populares no aplicativo móvel do Domino no Reino Unido incluem suas opções de pagamento seguras, como PayPal, cartão de crédito, pagamento na entrega etc. Para os clientes que não têm certeza do que desejam encomendar, o aplicativo também apresenta sugestões de pizza que podem ser personalizadas.O aplicativo, disponível no iOS e Android, também foi elogiado por seus cupons e códigos promocionais facilmente acessíveis e disponíveis. Fonte: Mobile Marketing Magazine

Profissionais de marketing esperam que as campanhas direcionadas a conteúdo aumentem em 2020

Os profissionais de marketing preveem que usarão mais campanhas orientadas a conteúdo e formatos de áudio e emergentes em 2020, de acordo com uma nova pesquisa do World Media Group. Cerca de 80% dos profissionais de marketing pesquisados em outubro de 2019 em todo o mundo disseram esperar que as campanhas lideradas por conteúdo cresçam nos próximos dois anos, com 19% dizendo que esperam que se estabilizem. Apenas 2% dos entrevistados disseram que haveria um declínio. Nove em cada 10 entrevistados disseram que planejavam usar áudio/podcasts em 2020, e uma porcentagem semelhante disse que usaria tecnologia emergente como realidade aumentada e voz. Isso indica que os profissionais de marketing estão experimentando formatos além das publicações tradicionais de mídia social e conteúdo no estilo editorial.À medida que o marketing de conteúdo se torna cada vez mais diversificado e se afasta de ser apenas uma ferramenta de geração de leads, uma estratégia holística de conteúdo se torna essencial para as marcas se envolverem com seu público. O mapeamento da disseminação, que mostra como o conteúdo é distribuído pelos vários canais, alcançando pessoas em vários estágios da jornada do cliente. As marcas estão procurando se estabelecer como especialistas confiáveis e dar aos clientes um motivo para voltar aos seus sites, o que lhes permite converter mais visitantes em leads ao longo da linha.Uma estratégia robusta de marketing orientada a conteúdo engloba a criação de conteúdo e um plano para multicanal divulgação. Fonte: eMarketer