Dígitro recebe prêmio Expressão de Ecologia

0
4



A Dígitro Tecnologia receberá, no mês de setembro, o prêmio Expressão de Ecologia. Concorrendo com mais de 100 projetos inscritos em 16 diferentes categorias, a Dígitro venceu sozinha na categoria “Construção Sustentável”, com o conceito Green Building, empregado em toda a construção do novo edifício matriz da companhia, inaugurado em 2009.

 

O prédio da Dígitro, em Florianópolis, conta com sistema de coleta e armazenamento de água da chuva para utilização em funções como descarga sanitária e torneiras de serviço de faxina. Foram instalados vidros insulados capazes de bloquear 70% do calor, diminuindo o consumo de energia do ar-condicionado e permitindo a passagem de luz solar. Os dispositivos elétricos das áreas de escritório são gerenciados por um software “verde”, que promove o desligamento ou manutenção em “hibernação” dos equipamentos nos períodos fora de uso. Há também a utilização de sensores de presença nos corredores e nos banheiros, torneiras eletrônicas e água aquecida proveniente de painéis de coleta solar. Outro ponto é o uso de telhados e revestimentos cerâmicos claros, além de outros revestimentos internos auxiliam no equilíbrio térmico ambiental e sistemas de renovação ajudam a favorecer a qualidade do ar, dispensando a ventilação elétrica. Até 2014, a empresa pretende completar a estrutura de células fotovoltaicas, montadas em etapas, para que a luz interna de todos os ambientes seja suportada exclusivamente, durante o dia, pela energia advinda dessa fonte.

 

Uma construção comum pode custar até 15% menos do que uma construção sustentável, já que esta última envolve alguns insumos especiais que normalmente são de maior valor, mas, em contrapartida, a economia total dos custos operacionais com água, energia e manutenção pode alcançar até 20%, de acordo com Luiz Aurélio Baptista, diretor administrativo e da qualidade da Dígitro. “Dependendo da edificação, graças à redução com os custos da operação, é possível recuperar em poucos anos a diferença gasta em um investimento com este conceito”, compara o executivo.

 

“O que temos notado com as iniciativas sustentáveis dentro e fora das instalações da empresa é a conscientização, tanto dos funcionários como da comunidade ao redor, para as questões que envolvem o meio ambiente. Todas as ações que promovemos nesse sentido têm tido ótima aceitação, e percebemos também que os colaboradores levam esse aprendizado para suas casas.”, informa Batptista.

 

Iniciativas sustentáveis
Além das ações de consumo consciente da água e energia, a Dígitro possui iniciativas para conscientizar os colaboradores e a comunidade sobre os benefícios de atitudes sustentáveis para várias tarefas comuns do dia a dia. Uma delas é o Programa Carona, que garante vagas cobertas no estacionamento interno para aqueles que aderirem ao programa. “O uso da bicicleta também é incentivado. Para tanto, a Dígitro conta com bicicletários em espaço coberto e vestiários. Hoje 7% dos colaboradores já se utilizam deste meio de locomoção.”, explica Baptista.

 

A Dígitro mantém ainda programas de incentivo à reciclagem. A empresa põe à disposição dos colaboradores containers para o correto descarte de pilhas, vidros, lâmpadas fluorescentes e eletroeletrônicos, encaminhando os resíduos tóxicos para locais apropriados e o lixo eletrônico para o projeto Comitê para Democratização da Informática de SC (CDI-SC). Outros materiais recicláveis são integralmente doados para instituições assistenciais que convertem os resíduos em recursos financeiros.

 

Também disponibiliza um posto de coleta que recolhe o óleo de cozinha trazido pelos colaboradores e pela comunidade. Para isso, associou-se ao programa ReÓleo da ACIF, Associação Comercial e Industrial de Florianópolis, que possui as licenças ambientais para armazenamento e transporte do resíduo. O óleo coletado é trocado por produtos de limpeza, que são doados a instituições assistenciais.