Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

Azos tem novo CTO

Igor Alves

Com passagem na 99 e Creditas, o Igor Alves terá a missão de chefiar o time de tecnologia da insurtech

A Azos, startup especializada em soluções para o seguro de vida, anunciou a chegada de Igor Alves como seu novo Chief Technology Officer (CTO), Com mais de 20 anos de experiência no setor de tecnologia e startups, o executivo já atuou na mesma função nas unicórnios 99 e Creditas. Igor chega à insurtech com o desafio de comandar os times técnicos na expansão das soluções da empresa, que tem a missão de democratizar o setor de seguros.

Formado em Engenharia da Computação pela PUC Campinas, Igor também é pós-graduado em Inteligência Artificial pela USP e certificado pela Universidade de Stanford em Inovação Estratégica, Cultura e Metodologias e, recentemente concluiu o Executive Program da Singularity University. Em sua trajetória profissional, atuou em empresas como Thomson Reuters, Ci&T e Movile. Como CTO, Alves esteve à frente das operações nas startups 99, Pixeon, Pipefy e, recentemente, na Creditas. 

“Qualquer um que já contratou um seguro ou mesmo tentou fazer uma alteração em uma apólice, na grande maioria das empresas de seguros, sabe o quanto é trabalhoso e, consequentemente, o quanto esse mercado é carente de inovação em tecnologia. Minha expectativa e missão aqui na Azos é estruturar a área de tecnologia de tal maneira que possamos criar soluções ainda mais inovadoras e que geram alto valor para todos os nossos corretores parceiros e clientes, atuais e futuros”,  comentou igor. 

Hoje, 40% do quadro de funcionários da Azos está alocado na área de tecnologia. Em 2023, a empresa teve um crescimento de 23% no número de colaboradores e o objetivo é abrir ainda mais vagas este ano. Rafael Cló, CEO da Azos, afirma que Igor já dirigiu times de tecnologia e produto de empresas em diferentes estágios de maturação e entende dos desafios de escalar times de forma eficiente e produtiva. “A sua chegada representa um marco de uma companhia early stage que começa a elevar sua maturidade organizacional. Tenho convicção de que a combinação da sua experiência com a cultura operacional que estamos construindo irá potencializar nossa capacidade de entrega, não só em tech, produto e design, mas em toda a organização”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima