Construção de plataforma imobiliária para fazer a diferença

CEO da Gafisa Serviços expõe as etapas de criação e implantação de um ecossistema completo de serviços no segmento

0
72
Fabio Romano, CEO da Gafisa Serviços
Fabio Romano, CEO da Gafisa Serviços

Com mais de 66 anos de existência, a tradicional organização do mercado imobiliário Gafisa acaba de se reinventar com a plataforma digital Viver Bem by Gafisa, um ecossistema que incorpora muito mais do que a transformação digital das operações de compra e venda de imóveis. Com a criação da subsidiária Gafisa Serviços, a companhia fez parceria com as startups Home do Go e Monah, do grupo Loft, como parte dos vários pilares do negócio, que incluem também a experiência do cliente em reformas, decorações, gestão de condomínio, locações, entre outros. A plataforma tecnológica, que expressa o relacionamento completo com os consumidores, deverá alavancar o crescimento ainda mais significativo da organização, conforme disse acreditar Fabio Romano, CEO da Gafisa Serviços, ao compartilhar as novidades, hoje (11), durante a 262ª live da série de entrevistas dos portais ClienteSA e Callcenter.inf.br.

Lembrando, de início, a imagem tradicional da Gafisa no imaginário do consumidor, que se expressa na logomarca em forma de triângulo em cima dos prédios, o executivo destacou o quanto isso se tornou símbolo representativo do mercado imobiliário do país. Algo conquistado ao longo de 66 anos de atividades, de uma companhia nascida com o nome de Gomes de Almeida Fernandes, no Rio de Janeiro, e hoje, garantiu ele, com capital aberto, inclusive na Bolsa de Nova York, pode afirmar que um em cada 100 a 120 brasileiros reside em um dos imóveis vendidos por ela. “Uma longa história que chega ao registro de uma grande reestruturação iniciada há dois anos, o ápice de um processo da busca pela digitalização da Gafisa, modernizando e atualizando seus conceitos.” Nesse sentido, Romano lembrou também que a atividade de empilhar tijolos para edificar uma moradia é algo que o ser humano já sabe fazer há mais de cinco mil anos, mas ainda hoje essa construção de um bem de raiz tem grande significado para o ser humano. “Então, as construtoras e incorporadoras têm uma missão muito significativa e precisam acompanhar as transformações que ocorrem em todo o planeta.”

De acordo com o CEO, foi criado na empresa um comitê de inovação com análises internas e externas, inclusive acompanhando atividades de startups, tudo para geração de ideias e conteúdos visando facilitar a vida dos consumidores. “Nesse processo, criamos a Gafisa Serviços, subsidiária do grupo que opera com foco na digitalização. E chegamos na construção de uma plataforma imobiliária cujo ecossistema envolve literalmente tudo que tenha ligação com o tema da moradia.” Segundo ele, nesse marketplace exclusivo da companhia estão concentrados, além das possibilidades digitais de compra e venda, desde a oferta de serviços relativos a reforma, personalização, decoração, administração de condomínio, até o apoio a investidores que buscam maior rentabilidade com o imóvel por meio de locações de curta, média e longa durações.

O projeto teve início no meio do ano passado, explicou o executivo, com os trabalhos efetivos de digitalizar as vendas, tanto na comunicação com os clientes por meio do marketing digital, que foi aprimorado. “A partir daí, acompanhamos toda a experiência do consumidor na aquisição de imóvel digitalmente, à exceção da visita no local que ainda é insubstituível. A busca é a de ativar muito mais ofertas por meio da Gafisa, como, por exemplo, até mesmo a aquisição de eletrodomésticos, em uma parceria feita com a plataforma Home to Go,  a realização de reformas com tecnologia, segurança e qualidade e tudo o mais. Tudo o que existe de contato com o consumidor está dentro da Gafisa Serviços, para que tenhamos controle total de toda a experiência dos mais de 1,5 milhão de clientes já atendidos.”

 

 

Chamado de Viver Bem by Gafisa, esse marketplace exclusivo inclui uma parceria com a startup Nomah, braço do grupo Loft voltado para locação de imóveis. O primeiro projeto desse pilar já está pronto. Trata-se do Movie Estação Brás, com entrega de ativos imobiliários destinados a locações temporárias, aproveitando-se do turismo de negócios existente no bairro paulistano. “Vamos oferecer serviços de ponta a ponta para esse investidor, pacote que é possibilitado pelos recursos da plataforma.” Em resumo, Romano aponta como uma decisão estratégica a criação do ecossistema, pensando não só na realidade de hoje, mas a dos próximos anos. “Quem não acompanhar os avanços da tecnologia ficará para trás. Foi o que aconteceu em vários mercados, como por exemplo no da mobilidade urbana, que se reinventou com serviços facilitadores que favorecem todas as partes. Por mais que tenhamos uma raiz de construção e incorporação muito forte, ela deverá manter esse core business, mas acompanhar também as transformações para continuar competitiva. Ser também uma empresa tecnológica e inovadora, agregando mais aos nossos clientes.”

Ao citar o quanto acredita nos pilares da Gafisa Serviços para tornar a companhia maior ainda do que já é, o CEO mencionou o exemplo do crescimento exponencial apresentado pela startup QuintoAndar. “E fazendo apenas uma parte do que é buscado nesse mercado. A grande sacada foi eliminar a figura do fiador, significando grande alavancagem no negócio. Nós também, proporcionando com mais rapidez e segurança o encontro entre compradores e vendedores, seremos ainda mais relevantes com os serviços. Porque o mercado imobiliário ganha robustez quando existe confiança entre as partes.” E destacou o quanto a tecnologia digital simplifica muito todos esses aspectos. Por exemplo, o consumidor da Gafisa pode acompanhar a reforma do seu imóvel, em todos os detalhes, pelo celular, inclusive com imagens. “Tudo de forma muito simples, funcional e efetivo.”

O vídeo com o bate-papo na íntegra está disponível em nosso canal no Youtube, o ClienteSA Play, junto com as outras 261 lives realizadas desde março de 2020. Aproveite para também se inscrever. A série de entrevistas prosseguirá amanhã (12), com a presença de Arthur Carvalho, diretor de operações e sinistros da Youse;, que falará sobre a estratégia do atendimento individualizado; na quinta, será a vez de Glauco Modanezi, gerente de infraestrutura e operações do Santander, Ricardo Pena, diretor de pré-vendas da Avaya e Luciano Brandi, superintendente de TI do Santander; e, encerrando a semana, o “Sextou” debaterá o engajamento do cliente através do marketing, com Marcos Djinishian, head de marketing da Nespresso e Rafael Gonçalez, gerente executivo de mídia da BRF.